PPGH/CCHLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Telefone/Ramal: Não informado https://posgraduacao.ufrn.br/ppgh

Banca de QUALIFICAÇÃO: JOANA PAULA SILVA SOUSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOANA PAULA SILVA SOUSA
DATA : 11/07/2022
HORA: 14:30
LOCAL: meet.google.com/upu-setn-rdi
TÍTULO:
MEMÓRIAS DA NOSSA GENTE: A DANÇA DE SÃO GONÇALO EM LISIEUX, DIANTE DA MODERNIDADE, TRADIÇÃO, CATOLICISMO E ESCOLARIZAÇÃO (1948 - 1990).

PALAVRAS-CHAVES:

Dança de São Gonçalo. Culturas. Memórias e Identidades.


PÁGINAS: 100
RESUMO:

Este trabalho visa compreender a evolução da dança de São Gonçalo de Lisieux -, no Estado do Ceará, entre  1963  a  1990.  Partindo  da ideia de que  esta  dança  tinha  uma dimensão tradicional, pautada pela oralidade. Uma étnica, cujos membros eram pessoas pretas, num espaço social que estavam ligadas as formas de vida e do trabalho agrário. Este  estudo  procura  compreender  de  que  maneira  o  contexto  de  modernidade  local, marcado pela institucionalização da administração da escolarização tiveram algum efeito sobre  a  reprodução  histórica  da  dança.  Para  a  realização  deste  trabalho, buscou-se  a análise de fontes orais, na forma de entrevistas com moradoras e moradores mais velhos do distrito, bem como, da documentação escolar e igreja. Essa compreensão adveio por meio  das  memórias  e  narrativas  dos  colaboradores  e  colaboradoras  sobre  o  objeto estudado. Neste trabalho, apresento a dança de São Gonçalo no distrito de Lisieux a partir do objetivo principal: analisar como se deu o processo de constituição da dança de São Gonçalo, em Lisieux, e suas manifestações sociais, históricas, culturais e religiosas. Para esse  intuito,  foram  discutidos  e  embasados  em  conceito  que  contribuíram  para  a compreensão dos papéis dos colaboradores e colaboradoras na construção e valorização da cultura local. Com uma abordagem qualitativa, participativa e descritiva em que se buscou interpretar às  narrativas,  opiniões  e  expectativas desses sujeitos  em  relação à dança e em torno do que conhecem e vivenciam sobre o espaço da pesquisa, classifica-se; também, como etnográfica, pois investigo os dançantes de São Gonçalo, para aprender as suas histórias e experiências no lugar em que convivem. Com os resultados da atividade de campo se poderá identificar a forma de dança apresentada em Lisieux, a partir da história oral. Como suporte teórico para fundamentar as discussões numa abordagem sobre a história da dança e o Santo homenageado, o que possibilitou a compreender sobre o contexto histórico social e a chegada dessa manifestação folclórica e cultural. Considero que a dança de São Gonçalo, em Lisieux, inicia a sua apresentação com a vinda da família Polongo em 1963, fazendo uma possível correlação histórica com os lugares vizinhos, demonstrando, segundo às análises realizadas à possibilidade de ser oriunda a forma de dançar de alguma comunidade, em torno de Lisieux.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149464 - HELDER DO NASCIMENTO VIANA
Interno - 2277360 - MAGNO FRANCISCO DE JESUS SANTOS
Interno - 1088824 - RAIMUNDO NONATO ARAUJO DA ROCHA
Notícia cadastrada em: 29/06/2022 11:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao