PPGH/CCHLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM HISTÓRIA DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA Telefone/Ramal: Não informado https://posgraduacao.ufrn.br/ppgh

Banca de DEFESA: PATRÍCIA DE OLIVEIRA DIAS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: PATRÍCIA DE OLIVEIRA DIAS
DATA: 25/09/2015
HORA: 09:00
LOCAL: Auditório C4. setor II de aulas
TÍTULO:

ONDE FICA O SERTÃO ROMPEM-SE AS ÁGUAS: PROCESSO DE TERRITORIALIZAÇÃO DA RIBEIRA DO APODI-MOSSORÓ (1676-1725)


PALAVRAS-CHAVES:

Formação territorial; Guerra dos Bárbaros; Ribeira do Apodi-Mossoró; Rio Grande.


PÁGINAS: 187
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: História
RESUMO:

O processo de territorialização portuguesa da capitania do Rio Grande foi iniciado em 1598, com a conquista da barra do Rio Potengi por Mascarenhas Homem. Tal processo perdurou até 1633, quando foi interrompido pela chegada dos holandeses, sendo retomado somente em 1654. A partir deste ano, incentivou-se a ocupação de terras desconhecidas da capitania, subsidiando o avanço de conquistadores rumo às terras mais ao interior, rompendo os limites divisórios com a capitania do Siará Grande até então conhecido: a ribeira do Assú. Este avanço resultou em enfretamentos com os habitantes destas terras, os conhecidos tapuias, levando à eclosão de diversos conflitos que compuseram a Guerra dos Bárbaros. O palco principal de tais acontecimentos no Rio Grande, entre os anos de 1687 e 1720, foi justamente a ribeira do Assú, um dos espaços a ser problematizado por esta pesquisa. Considerando-se isso, este trabalho tem por objetivo analisar o avanço dos conquistadores no Rio Grande, contribuindo para o processo de territorialização portuguesa, que resultou no surgimento de uma nova fronteira entre o Rio Grande e o Siará Grande: o rio Apodi-Mossoró. Para tanto, realizou-se o cruzamento de fontes produzidas entre os anos de 1659 e 1725, como as cartas de sesmarias, cartas régias, correspondências entre a Câmara de Natal, os capitães-mores do Rio Grande e o governo de Pernambuco e governo geral, bem como os documentos referentes aos terços de paulistas que atuaram na capitania.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1324248 - CARMEN MARGARIDA OLIVEIRA ALVEAL
Interno - 2177374 - FATIMA MARTINS LOPES
Externo ao Programa - 2432663 - HELDER ALEXANDRE MEDEIROS DE MACEDO
Externo à Instituição - TANYA MARIA PIRES BRANDÃO - UFPE
Notícia cadastrada em: 21/09/2015 16:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao