Banca de QUALIFICAÇÃO: RICARDO ALEXANDRE PEIXOTO BARBOSA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RICARDO ALEXANDRE PEIXOTO BARBOSA
DATA : 16/12/2022
HORA: 14:00
LOCAL: Virtual
TÍTULO:

TERCEIRO LUGAR E MEDIAÇÃO INTERCULTURAL DOS LIVROS DIDÁTICOS NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE PLE 


PALAVRAS-CHAVES:

Mediação intercultural. Livros didáticos. Terceiro lugar. Português Língua Estrangeira


PÁGINAS: 145
RESUMO:

Terceiro lugar e mediação intercultural são conceitos fundamentais no ensino-aprendizagem de línguas, haja vista a indissociabilidade existente entre língua e cultura (MATTOSO, 2004), a necessidade de desenvolvimento da Competência Comunicativa Intercultural (BYRAM, 1997) dos aprendentes e a importância da interação no processo de aquisição (ALLWRIGHT, 1984). Nesta pesquisa, voltamos nossa atenção e observação para o papel que os livros didáticos de Português Língua Estrangeira (PLE) desempenham (e podem desempenhar) no estabelecimento de relações (inter)culturais e na diminuição de distâncias entre culturas, favorecendo valores como a empatia e viabilizando o relativismo cultural. Nesse sentido, procedemos, por meio de instrumento metodológico de cunho próprio, à avaliação do Nível de Mediação Intercultural (NIMI), constituído por dez categorias de análise (1. método de ensino de língua estrangeira adotado; 2. método comunicativo adotado; 3. relevância da cultura; 4. percepção do eu e do outro; 5. operacionalidade dos savoirs; 6. sensibilidade intercultural; 7. manutenção do filtro afetivo; 8. uso de materiais; 9. metodologia de trabalho proposta; e 10. uso de linguagens) dos livros didáticos que compõem nosso corpus de pesquisa: “Brasil: língua e cultura” (2013); “Ponto de Encontro – Portuguese as a world language” (2013); “Nota 10” (2015); “Bate-papo” (2018); “ClicaBrasil” (2019); e “Plural – Português pluricêntrico” (2021). Nosso aporte teórico é constituído por Kramsch (1993; 1998; 2017); Bhabha (1998); Anderson (2008); Hall (2006); Todorov (2019); Mattoso (2004); Peterson (2004); Byram (1997); Larsen-Freeman (2000); Mendes (2010); Bennett (2013) Barrett et al. (2013); Liddicoat (2014); Tomlinson (2010; 2011; 2013); Richards (2001); dentre outros. Preliminarmente, verificamos que existe defasagem substancial entre o proposto pelos autores dos livros didáticos em termos de metodologia adotada e de tratamento da cultura e o que efetivamente é posto em execução no livro-texto, observando-se que o nível de mediação intercultural desses materiais é reduzido, pois não constroem, geralmente, uma ponte entre a linguacultura-materna e a linguacultura-alvo. 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1720830 - MARCELO DA SILVA AMORIM
Interna - 1801855 - ALESSANDRA CASTILHO FERREIRA DA COSTA
Interna - 2194174 - ANA GRACA CANAN
Externo à Instituição - LUIZ HERCULANO DE SOUSA GUILHERME - IFSC
Externa à Instituição - Monica Rector
Notícia cadastrada em: 17/11/2022 08:03
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao