Quadro de disciplinas para 2022.2

UFRN/CCHLA/PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ESTUDOS DA LINGUAGEM

PRÉVIA DO DEMONSTRATIVO DA OFERTA DE DISCIPLINAS PRESENCIAIS PARA 2022.1

 

Disciplina Geral


 

 

 

 

 

 

ESTUDOS EM LINGUÍSTICA TEÓRICA E DESCRITIVA

TERÇA

QUARTA

  • Linguagem e cognição

Docente:  Mahayana Godoy - AE

  • Linguísticas discursivas e enunciativas e estudo do texto

Docentes: Luís Passeggi, Graça Rodrigues e João Neto - AE

  • Metodologia da Pesquisa em LTD

Docente(s): Nedja Lucena, Graça Rodrigues, Sulemi Fabiano e Paulo Duque - AE

QUINTA

SEXTA

  • Tópicos em LTD

Disciplinas (com ementa) e docentes

 

1) A Linguística de Texto como área de especialidade - Clemilton Pinheiro - AE

 

2) Discurso Religioso: abordagens textuais e discursivas - Graça, Passeggi e Alessandra - AE

 

3) Variação discursiva em perspectiva estilística - Maria Alice Tavares

 

4)O livro e o leitor: a história do livro e as enunciações sobre o leitor - Hozanete Lima

 

  • Tópicos em LTD

Disciplinas (com ementa) e docentes

 

1) Análise do Discurso e Teorias da Enunciação - Sulemi Fabiano Campos (*aceito aluno especial)

 
 

ESTUDOS EM LITERATURA COMPARADA

TERÇA

QUARTA

  • Literatura e representações sociais

Docentes: Derivaldo dos Santos e José Luiz Ferreira - Aceita Especial AE

  • Metodologia da Pesquisa em LC

Docente(s):   Marta A. G. Gonçalves - AE

QUINTA

SEXTA

  • Tópicos em LC:

Disciplinas (com ementa) e docentes

 

1) Análise dialógica da literatura - Orison (*aceito aluno/a especial)

 

2) Antropofagia, apropriação cultural e literatura - Samuel Anderson (aceito aluno/a especial)

3) Uma compreensão transatlântica de categorias ligadas ao Romantismo do século XIX e as dinâmicas (pré-)modernistas -Wiebke Röben de Alencar Xavier ( início:: 25.8.2022; aceito alunos especiais)

4) Cinema e literatura - Márcio Venício (aceito alunos especiais)

  • Tópicos em LC

Disciplinas (com ementa) e docentes

 

1) Estudos Imagológicos - Katia Aily

 

2) Exílio, memória e alteridade na literatura contemporânea - Danielle Grace (*aceito aluno/a especial)

 
 

ESTUDOS EM LINGUÍSTICA APLICADA

TERÇA

QUARTA

  • Discurso, cultura e sociedade

Renata, Marília, Penha - AE

  • Gêneros textuais/discursivos e ensino

Maria do Socorro Oliveira  e Ivoneide Bezerra  - AE

 

 

  • Metodologia da Pesquisa em LA (60h) - AE

 

Docente(s):

1 - Glícia Azevedo Tinoco

2 - Ana Paz

QUINTA

SEXTA

  • Tópicos em LA

Disciplinas (com ementa) e docentes

 

Contribuições de Michel Foucault para a Análise do Discurso - Cellina Muniz (aceita alunos especiais) *Turno da Manhã ( 09h )

 

Estereótipo e (inter)cultura(lidade): discursos sobre o Brasil no material didático de português para estrangeiros - Marcelo Amorim (aceito alunos especiais)

 

Cosmovisão carnavalesca. Corpo polifônico. Corpo grotesco. - Maria da Penha Casado (Aceito aluno especial) - AE

 

 

 

  • Tópicos em LA

Disciplinas (com ementa) e docentes

 

1)Linguística Sistêmico Funcional de Halliday em LA -  Jennifer

 
 

DISCIPLINA MULTIÁREA

  • Docência no Ensino Superior (sexta-feira) - Alunos de pós do CCHLA

 

1) Nedja (LTD)

2) Mauro (LC)

3) Maria do Socorro ou Alex Gomes (LA)

 

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES:


 

1. As disciplinas que aceitam alunos especiais estão indicadas no quadro com a oração “Aceita(m) alunos especiais” ( AE ). Aquelas em que NÃO há essa indicação somente aceitam alunos regulares do curso.

 

2.  TODAS AS DISCIPLINAS SERÃO REALIZADAS NO TURNO VERPERTINO, ENTRE 14H E 17H30 ( DEPENDENDO DA DISCIPLINA, ALGUMAS TERMINAM MAIS TARDE ( 18H ). APENAS A DISCIPLINA DA PROFESSORA CELLINA MUNIZ SERÁ PELA MANHÃ ( 09H )

 

EMENTAS DAS DISCIPLINAS DE TÓPICOS

 

Ementas das disciplinas de Tópicos em LTD

 

A Linguística de Texto como área de especialidade: Estudo dos pressupostos epistemológicos e enquadramentos teóricos da Linguística de texto. Fundamentação e crítica de perspectivas de descrição e modelos de análise de texto. Exame de aspectos praxiológicos e epistêmicos associados ao funcionamento de textos.

 

Análise do Discurso e Teorias da Enunciação:  Diálogos teóricos estabelecidos no campo da Análise do Discurso pelas tendências formalista, sociológica e histórica, a partir da leitura de textos de M. Pêcheux, M. Foucault, M. Bakhtin, J. Authier-Revuz. Estudo dos postulados teóricos de domínio da Análise do Discurso Francesa. Processos discursivos sócio-históricos e ideologicamente contextualizados. Conceitos fundamentais: discurso x texto; história x memória, interdiscursividade; identidade x alteridade; subjetividade x assujeitamento; ideologia x formação discursiva; dialogismo, enunciação, polifonia e heterogeneidade enunciativa. A Análise do Discurso e sua contribuição para a pesquisa acadêmica e outras práticas profissionais.

 

Variação discursiva em perspectiva estilística:  Variação discursiva: reflexões teórico-metodológicas. Variação estilística: o caso da variação discursiva. Entrevista sociolinguística: potencialidades e limitações para o estudo da variação discursiva. A árvore da decisão. Variáveis independentes de natureza textual-discursiva. Variável independente complexa.

 

O livro e o leitor: a história do livro e as enunciações sobre o leitor: A leitura como prática sociocultural. A constituição do sujeito- leitor em diferentes espaços de aprendizagem. A história da constituição do livro. O leitor, os livros e os sentidos desejantes.

 

Ementas das disciplinas de Tópicos em LC

 

Análise dialógica da literatura: Estudo da teoria do romance de Bakhtin e de textos correlatos de autores do Círculo (Volóchinov, Medviédev) que podem esclarecer o processo analítico de textos literários; análise do romance Nasci sem um caminho de volta de Raimundo Neto a partir da teoria estudada.

 

Estudos Imagológicos: Estudo da teoria Imagológica por meio de alguns teóricos, especialmente Daniel Henri-Pageaux e Hugo Dyserinck que possibilitam uma abordagem analítica diferente do texto literário.

Exílio, memória e alteridade na literatura contemporânea: Investigar a relação que a literatura latino-americana, sobretudo de língua francesa, estabelece com o debate teórico sobre a alteridade e o “problema histórico e filosófico das identidades coletivas” (MACÉ, 2018). Na contemporaneidade, inúmeras produções sobre a experiência de exílio e da memória de exploração colonial desestabilizam a pretensa pacificação que se esconde atrás da ideia de estado-nação e da centralidade do sujeito iluminista. Assim, pretende-se pensar a dramatização dessas questões na literatura a partir de um diálogo com a filosofia e as ciências sociais. Nesse contexto, destacam-se obras de autores como Deleuze e Guattari (1995); Marielle Macé (2018); Bailly (2018); Édouard Glissant (2001) Silvia Rivera Cusicanqui (2021); Ottmar Ette (2018) e Paul Gilroy (2001).

 

Antropofagia, apropriação cultural e literatura: Estudo dos manifestos vanguardistas de Oswald de Andrade, que nos possibilitam enxergar o canibalismo como apropriação cultural e nos fazem compreender o olhar do estrangeiro sobre nós e o encadeamento entre o bom e o mau selvagem; relação entre o Barroco e a antropofagia na literatura brasileira; Pau Brasil e a antropofagia hoje.

 

Uma compreensão transatlântica de categorias ligadas ao Romantismo do século XIX e as dinâmicas (pré-)modernistas: A partir de uma compreensão transatlântica de categorias ligadas ao Romantismo europeu e brasileiro no século XIX, (p.ex. o complexo literatura-natureza-sociedade; literatura-índio-nação; “eu” e a história; língua nativa e folclore), serão abordados, através de textos teóricos e literários de autores românticos, diferenças nacionais em relação à compreensão de nação no plano da relação da natureza com o mundo (retorno à mãe-natureza, refúgio no passado, reinvenção do bom selvagem, exotismo) e no plano das relações da natureza com o próprio eu (abandono à solidão, ao sonho, as demasias da imaginação e dos sentidos). Serão também investigadas as dinâmicas das discussões e transformações realistas e (pré)modernistas em relação à esses complexos românticos do século XIX.

 

Cinema e literatura: Estudo das relações entre o cinema e a literatura, a partir dos autores das obras que compõem os corpora das pesquisas de doutorado de um grupo de orientandos. Pretende-se estabelecer abordagens teóricas e metodológicas para a abordagem das confluências entre a linguagem cinematográfica e a linguagem literária, a partir de estudos sobre a "escrita de si" e a "comparação diferencial", ambas voltadas aqui para as questões da escrita e da imagem.

 

 

 

Ementas das disciplinas de Tópicos em LA

 

Linguística Sistêmico Funcional de Halliday em LA: Esta disciplina propõe um estudo da gramática sistêmico funcional (e as adaptações ao semioses multimodais como Gramática do Design Visual - GDV, e LSFMD), os seis sistemas de discurso, e a teoria de gênero e registro da LSF; e a aplicação destes em pesquisas de LA.           

 

Contribuições de Michel Foucault para a Análise do Discurso: Discussão teórica e análise prática de elementos fundamentais da obra de Michel Foucault. As três fases do pensamento foucaultiano: fase arqueológica, fase genealógica, fase da estética da existência; o conceito de formação discursiva e de função enunciativa (semelhanças e diferenças junto a Michel Pêcheux); procedimentos de controle e funcionamento discursivo (silenciamento, rejeição, vontade de verdade, autor, comentário, doutrina, sociedades do discurso); poder disciplinar e biopoder; subjetividade, assujeitamento e sujeição; artes da existência e tecnologias do eu.

 

Estereótipo e (inter)cultura(lidade): discursos sobre o Brasil no material didático de português para estrangeiros: Conceitos de estereótipo, generalização, cultura, interculturalidade e linguacultura. Definições de terceiro lugar e entrelugar de Kramsch e Bhabha. O modelo de desenvolvimento de sensibilidade intercultural de Bennett. Discussão sobre definições de Ethos e Pathos. Representações do Brasil, do brasileiro e suas culturas no material didático para o ensino de português para estrangeiros.

 

Cosmovisão carnavalesca. Corpo polifônico. Corpo grotesco: Esse tópico visa contribuir para os estudos em LA que discutem corpo, gênero social, desconstrução de estereótipos e de uma visão "oficial" do mundo a partir das contribuições do Círculo de Bakhtin sobre sujeito, linguagem, corpo, polifonia, processos de carnavalização. Concepção bakhtiniana de cosmovisão carnavalesca. O corpo como materialidade polifônica. O corpo grotesco como lugar da diversidade. 

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao