Banca de QUALIFICAÇÃO: ANDRÉIA GARCIA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANDRÉIA GARCIA DOS SANTOS
DATA : 04/10/2022
HORA: 14:00
LOCAL: https://meet.google.com/dfk-vehr-ofj
TÍTULO:

A História da Política de Assistência Social em Santa Maria/RS: entre o assistencialismo e a garantia de direitos


PALAVRAS-CHAVES:

Assistência Social; Santa Maria; Pesquisa Histórica;


PÁGINAS: 220
RESUMO:

A presente tese investiga quais e como as determinações sócio-históricas, econômicas e políticas vêm produzindo impedimentos à implementação da Política de Assistência Social(AS) na esfera do Direito no Município de Santa Maria (SM), localizado na região central do Rio Grande do Sul (RS). Junto a isso, estabeleceram-se objetivos específicos: a) construir a historiografia da Política Municipal de Assistência Social de Santa Maria/RS (PMAS-SM) no período de 2006 a 2021; e b) avaliar como as(os) pesquisadores(as), trabalhadores(as) técnicos e demais indivíduos envolvidos(as) com a AS concebem a implementação da Política no Município; c) Identificar os atravessamentos conservadores e de militarização existentes na cidade de Santa Maria. Para o alcance dos objetivos, realizou-se pesquisa bibliográfica e documental, por meio do acesso a documentos publicados em sites e páginas do facebook, que contemplou artigos, dissertações, tese, livros, reportagens em mídia eletrônica, pronunciamentos, leis municipais e trabalhos produzidos nas últimas décadas relativos a cidade de Santa Maria e a PMAS-SM e entrevistas semiestruturadas realizadas com indivíduos envolvidos(as) com a AS. A análise dos dados coletados foi orientada pelo materialismo histórico-dialético: totalidade, contradição e mediação. A pesquisa mostra a imposição de um conservadorismo na tessitura social de Santa Maria, metabolizado por uma moral burguesa que insiste em eclipsar “a questão social” e pautar a PMAS-SM na lógica caritativa, de benemerência e filantrópica. Importantes marcos vão se estruturando para a composição da PMAS-SM como uma política pública assentada na esfera do direito por meio da organização política dos(as) trabalhadores(as) defensores(as) da Política. Destaca-se, no entanto, a presença de elementos desagregadores, de desmobilização e adoecimento dos indivíduos diante das lutas realizadas em prol da Política. Por fim, busca-se problematizar os desdobramentos e as permanências da ação política e à intervenção do Estado, a desvelar forças sociais conservadoras presentes no município e na PMAS.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1205730 - ISABEL MARIA FARIAS FERNANDES DE OLIVEIRA
Externa ao Programa - 1160064 - KATIA MAHEIRIE - nullExterna à Instituição - SAMARA SILVA DOS SANTOS - UFSM
Notícia cadastrada em: 26/09/2022 15:21
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao