PPGMUS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA ESCOLA DE MÚSICA Telefone/Ramal: (84) 99474-6734 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgmus

Banca de DEFESA: GISLENE DE ARAUJO ALVES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GISLENE DE ARAUJO ALVES
DATA: 17/12/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Sala 22 Escola de Música da UFRN
TÍTULO:

A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE PROFISSIONAL DE LICENCIANDOS EM MÚSICA DA UFRN: um estudo de narrativas autobiográficas


PALAVRAS-CHAVES:

 Construção da Identidade Profissional. Dimensões Formativas. Formação de professores.  


PÁGINAS: 136
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Artes
SUBÁREA: Música
RESUMO:

Esta dissertação teve por objetivo compreender a construção da identidade profissional dos licenciandos em música da UFRN, através do estudo das fontes autobiográficas destes sujeitos, verificando as suas dimensões formativas e as suas (re)significações constituídas ao longo de histórias de vida. Para uma melhor organização das discussões propostas para esta pesquisa, a estruturação das ideias deu-se em seis capítulos, acrescida das considerações finais: no primeiro capítulo, exprimi a minha história de vida e os meus percursos formativos na carreira musical; no segundo, analisei o panorama histórico sobre os percurso da Pesquisa (Auto)biográfica como abordagem de investigação e formação (JOSSO,2010; DOMINICÉ, 1992; NÒVOA, 2010; SOUZA, 2007; PASSEGGI, 2010 e DELORY-MOMBERGER, 2012); no terceiro, apresento algumas reflexões e discussões sobre a construção da identidade, além dos conceitos e percepções sobre a formação e as representações desta construção profissional. (DUBAR, 19997, 2005;); no quarto, discorro sobre o percurso histórico a respeito da formação de professores no Brasil e na Educação Musical como nossa revisão de literatura; no quinto, descrevo os caminhos e os recursos utilizados para concretização desta pesquisa; e, por fim, no sexto capítulo, apresento as histórias de vida dos estudantes de licenciatura do Curso de Música e as suas dimensões formativas e musicais. Em relação aos objetivos específicos desta pesquisa, todos estavam direcionados a analisar as fontes autobiográficas escritas dos licenciandos sobre a própria trajetória formativa, desde as primeiras experiências musicais, como a escolha do curso e a formação profissional dentro da licenciatura, bem como as atividades práticas formativas nos contextos informais e formais. Dessa forma, através da narrativa das histórias de vida dos estudantes universitários em Música, as dimensões formativas e as principais relações socioculturais que se tornaram processos contínuos de formação e de construção da identidade profissional são possíveis de serem conhecidas e trilhadas. Por meio desta investigação, é possível a compreensão de como os futuros professores de música passam a (re)significarem suas trajetórias de vida pessoal e profissional, trazendo à tona suas indagações, certezas e incertezas das experiências formativo-musicais dentro e fora do contexto acadêmico. Os resultados deste estudo apontaram que os ensaios autobiográficos possibilitam compreender os caminhos e as relações sociais nas diversas dimensões formativas identificadas, além de que também fez-nos perceber que os contextos familiares e os primeiros contatos sociais musicais, em contextos informais, possibilitam aos licenciandos, uma identificação com a possível carreira docente em música, assim como as principais motivações para essa escolha. Conclui-se, assim, que as experiências e vivências musicais ao longo da vida favorecem a construção da identidade profissional e que, no decorrer da formação, tais experiências tornam meios de (re)sign


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CLAUDIA RIBEIRO BELLOCHIO - UFSM
Externo à Instituição - MARIA DA CONCEICAO FERRER BOTELHO SGADARI PASSEGGI - UFRN
Presidente - 1149577 - VALERIA LAZARO DE CARVALHO
Notícia cadastrada em: 30/11/2015 13:36
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao