Banca de DEFESA: LUANA ANDRESSA DA COSTA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LUANA ANDRESSA DA COSTA SILVA
DATA : 30/09/2020
HORA: 13:00
LOCAL: GOOGLE MEET
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DO PERFIL DOS ÁCIDOS GRAXOS E DOS ÍNDICES TROMBOGÊNICOS E ATEROGÊNICOS DO LOMBO DE SUÍNO SUBMETIDO A DIFERENTES MÉTODOS DE PROCESSAMENTO TÉRMICO


PALAVRAS-CHAVES:

alimento funcional, métodos de processamento, valor nutricional, cromatografia gasosa.


PÁGINAS: 81
RESUMO:

A carne é rica em nutrientes essenciais, que contribuem para a obtenção de uma alimentação balanceada. Com o aumento no consumo de carne, também aumentaram as exigências dos consumidores por produtos de qualidade. As carnes in natura destinadas ao consumo humano são submetidas a métodos de processamento térmico antes de serem consumidas e a grande maioria das avaliações de qualidade nutricional da carne, são realizadas com elas in natura, porém o uso de calor no preparo tende a modificar sua composição, principalmente em relação aos ácidos graxos contidos neste alimento. Diante das modificações causadas pelo processamento térmico, foi desenvolvido um estudo com o objetivo de avaliar o perfil de ácidos graxos, o índice trombogênico e aterogênico do lombo de suínos submetidos a diferentes tipos de processamento térmico. Os lombos foram obtidos de 09 suínos híbridos, utilizando o delineamento inteiramente casualizado, na qual receberam a ração comercial a base de milho, farelo de soja e núcleo, em seguida ao atingirem a média de 100 kg de peso vivo foram abatidos.  Após o período de resfriamento, foram coletadas amostras de lombo e encaminhadas ao Laboratório de Nutrição Animal. Foram cortados bifes de aproximadamente 20g e submetidos a diferentes métodos de processamento térmico (assada no forno, cozida na panela de pressão, assado em churrasqueira, frita com óleo de soja, frita com banha de porco) e posteriormente foram determinadas a composição de ácidos graxos da carne. Com base no perfil dos ácidos graxos calcularam-se os índices trombogênicos e aterogênicos da carne em relação ao efeito na saúde do consumidor. Espera-se obter diferenças entre os métodos de preparo, e de acordo com os resultados indicar um método de cozimento que preserve as melhores características nutricionais, neste caso um melhor perfil de ácidos graxos, favorecendo a saúde do consumidor.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2793246 - JOSE APARECIDO MOREIRA
Interna - 010.821.064-29 - ADRIANA MARGARIDA ZANBOTTO RAMALHO - UFRN
Interna - 009.675.424-99 - ANDREZA LOURENÇO MARINHO - UFRPE
Interna - 1408673 - CLÁUDIA DA COSTA LOPES
Externa à Instituição - MARIA DE FATIMA BEZERRA - UFCG
Notícia cadastrada em: 31/08/2020 01:08
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao