Banca de QUALIFICAÇÃO: JOELMA DA SILVA SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOELMA DA SILVA SOUZA
DATA: 05/02/2016
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 01 do PPGPA
TÍTULO:

DESEMPENHO DE OVINOS DE CORTE EM PASTOS DE CAPIM-MASSAI SOB ESTRATÉGIAS DE MANEJO INTERMITENTE


PALAVRAS-CHAVES:

componentes morfológicos, manejo do pasto, interceptação luminosa, índice de área foliar


PÁGINAS: 50
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
RESUMO:

A utilização de forrageiras tropicais nos sistemas de produção animal apresenta papel fundamental, devido às suas características como elevada produção de biomassa por unidade de área e valor nutritivo da forragem, ressaltando a importância de encontrar o balanço entre crescimento da planta, consumo e desempenho animal. A criação de ovinos em pasto, especialmente quando se objetiva a produção de carne, proporciona boas perspectivas econômicas, expressas na redução dos custos no sistema de produção. Assim, objetivou-se avaliar a produção de ovinos de corte e as características estruturais do capim-massai submetido a dois níveis de interceptação luminosa e duas alturas de pós-pastejo em lotação intermitente. Os tratamentos avaliados foram: 90% de IL no pré-pastejo e 15cm de altura no pós-pastejo; 95% de IL no pré-pastejo e 15cm de altura no pós-pastejo; 90% de IL no pré-pastejo e 25cm de altura no pós-pastejo; 95% de IL no pré-pastejo e 25cm de altura no pós-pastejo. Os animais foram manejados em pasto de capim-massai pelo método de pastejo intermitente, durante três ciclos de pastejo com taxa de lotação variável, onde o início do período de ocupação de cada piquete foi determinado pelo nível de interceptação de luz (IL) pelo dossel, enquanto que o final foi determinado pela altura do pasto no pós-pastejo. O pasto foi avaliado quanto à massa de forragem total no pré e pós-pastejo, as porcentagens de participação dos constituintes morfológicos e as taxas de acúmulo de forragem. Os animais foram avaliados quanto ao ganho de peso médio diário, ganho de peso total, consumo e comportamento ingestivo. O delineamento adotado foi inteiramente ao acaso com fatorial 2x2. Os dados foram submetidos à análise de variância e pelo teste de Tukey, ambos a 5% de significância. Os resultados foram divididos em dois capítulos. No qual, o primeiro refere-se as características estruturais do capim-massai e o segundo, ao desempenho dos ovinos de corte. Pretende-se assim, encontra o melhor manejo para o capim-massai nas condições edafoclimáticas da região, e ganhos satisfatórios na produção de ovinos de corte.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 986835 - GELSON DOS SANTOS DIFANTE
Externo à Instituição - JOAO VIRGINIO EMERENCIANO NETO - IFRN
Interno - 1726100 - MARCONE GERALDO COSTA
Notícia cadastrada em: 18/01/2016 13:54
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao