PROFLETRAS/CN PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM LETRAS - PROFLETRAS CURRAIS NOVOS CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO SERIDÓ Telefone/Ramal: Não informado

Banca de QUALIFICAÇÃO: RITA GOMES DE MACEDO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RITA GOMES DE MACEDO
DATA : 02/09/2022
HORA: 09:30
LOCAL: SALA VIRTUAL DO GOOGLE MEET
TÍTULO:

TECENDO OS FIOS DA MEMÓRIA: PRODUÇÃO DO GÊNERO MEMÓRIAS LITERÁRIAS

 


PALAVRAS-CHAVES:

Memórias literárias; Sequência didática; Retextualização; Produção textual.


PÁGINAS: 75
RESUMO:

 

Diante das diferentes demandas que a sociedade impõe sob o viés das competências e habilidades do sujeito, reconhecemos que é fundamental pensar o lugar do ensino de Língua Portuguesa frente à elaboração de conhecimentos que consolidem um trabalho significativo com a língua. Em virtude disso, surgiu esta proposta de intervenção pedagógica com a finalidade de desenvolver as competências e habilidades de escrita dos alunos de uma escola municipal, situada no município de Campo Redondo/RN, na turma do 7º ano. Nessa perspectiva, este trabalho tem por objetivo geral melhorar as competências e habilidades escritora dos alunos por meio de sequências didáticas para a produção do gênero discursivo memórias literárias, a partir de entrevistas com familiares e/ou membros da comunidade, ambos com mais idade, como forma de promover e/ou fortalecer laços de pertencimento ao lugar e o contato entre gerações.  Para subsidiar o trabalho, utilizamos o modelo de sequência didática apresentado por Dolz, Noverraz e Schneuwly (2011).  Nesse processo, os estudos de Marcuschi (2010); Bakhtin (1999 - 2011); Candau (2014); Hall (2003); Le Goff (1990); Bauman (2005); Pollak (1992); Canuto (2010); Aragão (1992); Oliveira (2015); Ferronato (2007) entre vários outros, foram o norte teórico desse trabalho. Quanto aos aspectos metodológicos, este trabalho se configura como uma pesquisa-ação sob a perspectiva de Thiollent (1986) e apresenta uma abordagem qualitativa dos dados fundamentada nos estudos de Lüdke e André (2013); Denzin e Lincoln (2006); Creswell (2007) entre outros, cujo foco é a retextualizações de entrevistas que os participantes (alunos) da pesquisa realizarão, que servirá de base para a escrita dos textos de memórias literárias. Assim, o ensino de Língua Portuguesa por meio dos gêneros discursivos permite ao aluno desenvolver o domínio ativo do discurso, que vai possibilitar-lhe atuar efetivamente nas várias situações comunicativas das instâncias sociais das quais participa, já que os gêneros são constituídos de eventos comunicativos concretos, ocorridos nas diversas esferas de atividade humana.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1728675 - GIANKA SALUSTIANO BEZERRIL DE BASTOS GOMES
Interna - 1169325 - VALDENIDES CABRAL DE ARAÚJO DIAS
Externa ao Programa - ***.480.424-** - LAURENIA SOUTO SALES - UFPB
Notícia cadastrada em: 23/08/2022 20:09
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao