Banca de DEFESA: ALDENISIA ALVES ALBUQUERQUE BARBOSA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ALDENISIA ALVES ALBUQUERQUE BARBOSA
DATA : 20/02/2020
HORA: 08:30
LOCAL: Sala de aula 02 do térreo, em frente ao núcleo das enfermarias do HUOL
TÍTULO:

IMPLEMENTAÇÃO DE PROJETOS DE INTERVENÇÃO: UMA VISÃO DE ATORES ENVOLVIDOS NO INTERNATO DE SAÚDE COLETIVA DO CURSO DE MEDICINA DA UFRN NO MUNICÍPIO DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE - RN


PALAVRAS-CHAVES:

Ensino; Saúde; Intervenção.


PÁGINAS: 64
RESUMO:

P

Projetos de intervenção são frequentemente utilizados como recurso metodológico para Trabalhos de Conclusão de Curso no campo da saúde, seja na graduação ou pós-graduação. Os Projetos de Intervenção procuram dar conta de um conjunto de propostas que buscam solucionar e/ou minimizar uma problemática observada por estudantes nos territórios que são os cenários de práticas. Na perspectiva de levar os estudantes para vivenciarem o dia a dia das Unidades Básicas de Saúde (UBS), o Internato em Saúde Coletiva (ISC) do Curso de Medicina da UFRN proporciona essa experiência buscando contemplar também a integração ensino-serviço-comunidade. O acompanhamento dos estudantes do ISC fica sob responsabilidade de preceptores que são profissionais de saúde das Equipes da Estratégia de Saúde da Família das UBS do município. Para a finalização de cada ciclo precisa-se apresentar um projeto de intervenção oriundo de uma problemática local de saúde observada pelos estudantes. A presente pesquisa analisou a percepção dos atores envolvidos no ISC/UFRN quanto a importância de implementação dos projetos de intervenção no município de São Gonçalo do Amarante/RN. Trata-se de um estudo analítico de abordagem qualitativa utilizando-se o estudo de caso. Os dados foram coletados através de questionários semiestruturados, tendo como participantes 10 profissionais de saúde (06 enfermeiros, 02 cirurgiões-dentistas, 02 médicos), preceptores dos estudantes e 02 técnicas da Secretaria Municipal de Saúde (01 fonoaudióloga e 01 nutricionista) profissionais da equipe gestora responsável pela organização do ISC no município. Os dados obtidos foram submetidos a análise de conteúdo de Bardin. A análise do conteúdo possibilitou o agrupamento de resultados em quatro categorias temáticas: fragilidades, potencialidades, papel do preceptor/equipe gestora e efetividade dos projetos de intervenção. A percepção dos atores envolvidos no Internato de Saúde Coletiva do Curso de Medicina da UFRN quanto a importância de implementação dos projetos de intervenção no município de São Gonçalo do Amarante-RN, perpassa principalmente pelo entendimento que seria necessário uma maior orientação através de processos de capacitações para que eles entendam as nuances e peculiaridades dos vários fatores que envolvem o fazer,  o para que e para quem fazer os Projetos de Intervenção. Bem como possam entender os benefícios que podem ser alcançados ao inferir em uma problemática local resolvendo-a ou minimizando-a. A fim de atender a esta necessidade sugeriu-se como produto o Curso de formação pedagógica para preceptores da Atenção Primária à Saúde. Mediante o exposto, espera-se que este trabalho possa contribuir para levantar maiores discussões acerca da implementação e concretização dos projetos de intervenção contemplando a interação ensino-serviço-comunidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1258707 - ANTONIO DE LISBOA LOPES COSTA
Interna - 2626690 - JANETE LIMA DE CASTRO
Externa ao Programa - 8277481 - LYANE RAMALHO CORTEZ
Externa à Instituição - GEORGIA COSTA DE ARAUJO SOUZA - UERN
Notícia cadastrada em: 11/02/2020 11:28
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa15-producao.info.ufrn.br.sigaa15-producao