Banca de DEFESA: GEORGE PAULO COBE FONSECA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GEORGE PAULO COBE FONSECA
DATA : 30/05/2019
HORA: 14:30
LOCAL: Sala RUTE
TÍTULO:

DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS EM ECOCARDIOGRAFIA DO RESIDENTE MÉDICO EM CARDIOLOGIA.

 


PALAVRAS-CHAVES:

Competência clínica; Educação Baseada em Competências; Ecocardiografia; Residência Médica; Cardiologia


PÁGINAS: 95
RESUMO:

            As Residências Médicas representam o padrão ouro para a formação de especialistas, sendo realizadas através de treinamentos supervisionados por preceptores experts, no próprio ambiente de trabalho, muitas vezes sem um planejamento curricular e sem uma formação educacional adequadas. Mudanças curriculares na educação médica, vêm sendo discutidas nas últimas décadas, visando uma formação mais humanista e resolutiva, com modelos avaliativos e certificações mais consistentes. Os currículos orientados por competência, têm sido observados em programas de treinamento de diversas áreas da saúde, já sendo uma realidade bem estabelecida na educação médica nos Estados Unidos e na Europa. No Brasil, não há um consenso em relação a metodologia de treinamento em ecocardiografia para o residente médico de Cardiologia, nem as competências mínimas necessárias e nem tão pouco um sistema avaliativo que conceda uma característica formativa. Este projeto teve como finalidade utilizar métodos ativos de ensino-aprendizagem para aperfeiçoar o desenvolvimento de competências em ecocardiografia do residente médico em cardiologia do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL). O estudo foi exploratório, prospectivo e descritivo, que envolveu os residentes da cardiologia do HUOL, residentes provenientes de outras instituições nacionais e os preceptores de ecocardiografia do HUOL, sendo desenvolvido nas seguintes etapas: 1) Revisão da literatura 2) Desenvolvimento de um instrumento avaliativo (DOPS - Direct Observed Procedural Skills), capacitação dos preceptores e aplicação do instrumento 3) Construção coletiva da matriz de competências em ecocardiografia para o residente de cardiologia, seguindo a metodologia Delphi modificadapara obtenção do consenso entre os especialistas. A descrição dos domínios a serem avaliadas pelo DOPS foram desenvolvidas coletivamente pelos especialistas e o instrumento foi aplicado a 10 residentes de cardiologia durante o projeto, sendo 07 residentes do HUOL e 03 de outras instituições nacionais. Os encontros avaliativos, registrados através do DOPS, permitiram uma análise descritiva de vários aspectos técnicos e educacionais, fortalecendo a relação preceptor-residente. O consenso da Matriz de competências em ecocardiografia foi alcançado já na primeira rodada da estratégia Delphi modificada, com uma elevada taxa de concordância, com mais de 50% entre todas as competências e domínios apresentados, sendo o painel de especialistas constituído por 05 participantes (83,3%) dos selecionados inicialmente. A incorporação de ferramentas e estratégias ativas de ensino-aprendizagem permitiu a uniformização e padronização do treinamento em ecocardiografia do HUOL e aperfeiçoamento na aquisição de competências determinadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2495713 - ROSIANE VIANA ZUZA DINIZ
Interno - 2171948 - PAULO JOSE DE MEDEIROS
Externo à Instituição - CLÉBER DE MESQUITA ANDRADE - UERN
Notícia cadastrada em: 14/05/2019 16:23
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa16-producao.info.ufrn.br.sigaa16-producao