Banca de DEFESA: KLEBER NOBRE DA CUNHA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KLEBER NOBRE DA CUNHA
DATA : 24/01/2019
HORA: 09:00
LOCAL: sala RUTE, no HUOL
TÍTULO:

ATENDIMENTO INICIAL AO QUEIMADO: PROPOSTA DE UM CURSO INOVADOR PARA O ALUNO DE MEDICINA


PALAVRAS-CHAVES:

Educação Médica; Queimaduras; Medicina de Emergência; Ensino.


PÁGINAS: 67
RESUMO:

As queimaduras constituem um dos mais frequentes agravos à saúde nos serviços de urgência e emergência, e o atendimento inicial correto é decisivo na redução da morbidade e da mortalidade dos pacientes queimados. Desde 2013, a Sociedade Brasileira de Queimaduras (SBQ) ministra anualmente o Curso Nacional de Normatização do Atendimento ao Queimado (CNNAQ), organizado sob a forma de módulos, que capacita médicos e demais profissionais de saúde a realizar o atendimento inicial ao paciente vítima de queimaduras. No entanto, a inserção do tópico queimaduras durante a graduação em Medicina na UFRN permanece deficiente, limitada a uma aula teórica sobre o tema durante o sétimo período (Disciplina de Medicina de Urgência) e atividades práticas durante os plantões do Internato em Urgência e Emergência (12º. Período). A proposta do autor é desenvolver uma atividade voltada para o ensino do atendimento inicial ao queimado, nos moldes do CNNAQ, empregando metodologias ativas, que seja ofertada como um terceiro momento de inserção do tema durante a graduação em Medicina. A atividade, baseada na metodologia da pesquisa-ação, e desenhada no formato de um minicurso de um dia de duração, foi dividida em quatro módulos, enfocando: 1) a avaliação inicial e o manejo das vias aéreas, 2) o cálculo da superfície corporal queimada e da hidratação, 3) o planejamento terapêutico e os cuidados com a ferida e 4) os critérios para referência ao centro de tratamento de queimados. Foram empregadas somente metodologias ativas de ensino-aprendizado, como resolução em grupo de situações-problema, “role playing” e elaboração de fluxogramas. Trinta e sete alunos do Internato em Clínica Cirúrgica (10º. Período) participaram dos módulos e responderam a um questionário avaliativo pré e pós-atividade, onde foi observado o impacto causado na percepção dos discentes em relação ao tema queimaduras. É apresentada a estruturação do curso em todos os seus módulos padronizados, o que permite a sua reprodução e aplicação em diferentes cenários. O autor conclui que a proposta de modificação curricular é factível, de custo e complexidade baixos, e bem avaliada pelos alunos, de modo que propõe sua adoção como atividade permanente durante a programação curricular do Internato em Clínica Cirúrgica. Adicionalmente, levanta a possibilidade de levar a atividade a outras instituições de ensino de graduação, na forma de minicurso nos moldes do que já é feito no CNNAQ para profissionais graduados, já que se trata de uma metodologia facilmente reprodutível e que pode ser inclusive adotada em outras disciplinas.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1369275 - CLECIO DE OLIVEIRA GODEIRO JUNIOR
Interno - 1645299 - MARISE REIS DE FREITAS
Externa à Instituição - MAYARA MYTZI DE AQUINO SILVA - UAM
Presidente - 2171948 - PAULO JOSE DE MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 18/01/2019 10:28
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao