Banca de QUALIFICAÇÃO: VANESSA GIFFONI DE MEDEIROS NUNES PINHEIRO PEIXOTO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : VANESSA GIFFONI DE MEDEIROS NUNES PINHEIRO PEIXOTO
DATA : 18/12/2017
HORA: 15:00
LOCAL: HUOL
TÍTULO:

APRIMORAMENTO DAS HABILIDADES DE COMUNICAÇÃO DO ESTUDANTE DE MEDICINA UTILIZANDO UM PROTOCOLO DE COMUNICAÇÕES DE MÁS NOTÍCIAS ADAPTADO PARA INDIVÍDUOS COM DEMÊNCIAS


PALAVRAS-CHAVES:

Comunicação de más notícias; Revelação diagnóstica; Demências; Ensino; Educação Médica.


PÁGINAS: 35
RESUMO:

CONTEXTO: As demências são doenças incapacitantes, incuráveis e estigmatizantes, ocasionando impacto devastador à identidade pessoal do paciente e constituindo-se um dos diagnósticos mais temidos na atualidade. Existem muitos entraves para a adequada comunicação deste diagnóstico ao paciente, entre os quais o medo de reações psicológicas, a incerteza do médico quanto à confirmação diagnóstica e a objeção dos familiares, além dos escassos treinamentos em habilidades de comunicação oferecidos aos futuros médicos nos cursos de graduação. O ritmo acelerado de envelhecimento na população brasileira propicia o aumento exponencial dos casos de Doença de Alzheimer e outras demências. É, portanto, imediata a necessidade de implementação de estratégias que formem o estudante de medicina nas múltiplas habilidades para uma apropriada relação entre o médico, o portador de demência e seus familiares, inclusive na comunicação do diagnóstico. OBJETIVO: Analisar o efeito do treinamento de um protocolo de comunicação de más notícias adaptado para demências no aprimoramento das habilidades de comunicação do estudante de medicina. METODOLOGIA: Trata-se de um abordagem mista quantitativa e qualitativa, realizado com os estudantes do 5o. período do curso de Medicina da UFRN, nos semestres 2016.2 e 2017.1. Um total de 86 alunos participaram, sendo divididos em GI (treinamento no início do componente curricular da Geriatria), GII (treinamento após o módulo das síndromes demenciais) e GIII (alunos que faltaram o treinamento). Os alunos dos grupos GI e GII foram submetidos, além do treinamento, a duas OSCEs. Os alunos do G3 realizaram apenas a 2a. OSCE. RESULTADOS: A participação no treinamento resultou em melhor desempenho na 2a. OSCE nos grupos GI e GII, quando comparados ao GIII (GI:7,56±1,22, GII: 7,47±1,09, GIII: 6,42±1,68, p<0,001). Os alunos do GI mostraram melhor desempenho nesta avaliação em comparação aos alunos do GII (p<0,001). Os grupos GI e GII apresentaram ganho de desempenho ao longo das duas avaliações (GI OSCE1: 6,38±1,34, GI OSCE2: 7,56±1,22, p<0,001; GII OSCE1: 5,31± 1,36, GII OSCE2: 7,47± 1,09, p<0,001). Em relação à opinião dos alunos sobre a comunicação de más notícias, 48,2% destes não se sentem confortáveis para esta tarefa. Dos alunos que receberam o treinamento, a maioria (68,1%) relatou familiaridade com o protocolo SPIKES ao término das intervenções. A quase totalidade dos alunos pesquisados (98,8%) concorda que é importante para sua formação receber um treinamento para comunicar o diagnóstico de demências. A análise das respostas abertas revelou o grau de satisfação dos alunos em participar do treinamento, acreditando ser relevante na sua futura prática profissional. Foi ressaltado a relevância do treinamento prático desta habilidade, especialmente através da OSCE em comunicação de más notícias. CONCLUSÃO: O treinamento em comunicação de más notícias adaptado à indivíduos com demência foi bem aceito pelos estudantes do quinto período do curso de Medicina e promoveu melhoria na habilidade de comunicação nos mesmos. O modelo de treinamento, assim como o protocolo adaptado, podem representar estratégias replicáveis em outros componentes curriculares como forma de aprimoramento da habilidade de comunicação dos cursos da saúde.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1369275 - CLECIO DE OLIVEIRA GODEIRO JUNIOR
Interno - 2172036 - MARIA JOSE PEREIRA VILAR
Interno - 2495713 - ROSIANE VIANA ZUZA DINIZ
Interno - 2644228 - SIMONE DA NOBREGA TOMAZ MOREIRA
Notícia cadastrada em: 07/12/2017 15:44
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa27-producao.info.ufrn.br.sigaa27-producao