Banca de QUALIFICAÇÃO: FELIPE LUCAS DE SOUZA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FELIPE LUCAS DE SOUZA
DATA : 22/11/2022
HORA: 09:00
LOCAL: UFRN
TÍTULO:

A LINGUAGEM SIMPLES NO ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO COMO FAVORECEDORA DA INCLUSÃO ESCOLAR


PALAVRAS-CHAVES:

Acessibilidade textual; Educação Inclusiva; Atendimento Educacional Especializado; Linguagem Simples; Sala de Recursos Multifuncionais


PÁGINAS: 73
RESUMO:

No Brasil, de acordo com o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), quase 7% (12 milhões) da população têm algum tipo de deficiência. A partir dos anos 1990, com o paradigma da inclusão, a escola teve que se reestruturar e mudar sua postura frente a heterogeneidade dos alunos rompendo com paradigmas anteriores. Compreendemos que a educação é uma questão de direitos humanos e as pessoas com deficiência devem fazer parte do ensino regular, entendemos o termo deficiência pelo modelo social da deficiência, onde os alunos tem necessidades especificas de comunicação, a comunicação inclusiva vem de um entendimento de que as pessoas se comunicam de forma diferente, e várias técnicas são necessárias para atender a essas diferentes necessidades. Essa constatação suscitou a realização deste trabalho de pesquisa, onde buscamos analisar a relevância da linguagem simples como favorecedora da inclusão escolar na formação dos professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE) de escolas estaduais do município de São José do Mipibu/RN. Para tanto, participaram da pesquisa duas professoras do AEE atuantes nas Salas de Recursos Multifuncionais de escolas da rede estadual de ensino. Dessa forma, a pesquisa possui perfil metodológico qualitativo exploratório descritivo, e utiliza a metodologia de Intervenção. Para a construção de dados, aplicamos questionários e realizamos entrevistas semiestruturadas com os professores participantes. Após a coleta dos dados, iniciamos a fase de análise e interpretação dos dados através da técnica de Análise de Conteúdo de Bardin. Os resultados obtidos evidenciaram que a Linguagem Simples pode sim contribuir com as práticas pedagógicas dos professores do AEE, quando possibilita a superação de barreiras para a compreensão textual. Foi constatado também, que a proposta de formação, produto desta pesquisa, pode contribuir na formação continuada de professores possibilitando na identificação de padrões de acessibilidade em textos com o uso da Linguagem Simples


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 3144003 - GESSICA FABIELY FONSECA
Interna - 4546604 - KATIENE SYMONE DE BRITO PESSOA DA SILVA
Presidente - ***.422.544-** - LISIE MARLENE DA SILVEIRA MELO MARTINS - UFPB
Interna - ***.882.874-** - LUCIA DE ARAUJO RAMOS MARTINS - UFRN
Interna - 3315373 - LUZIA GUACIRA DOS SANTOS SILVA
Externo à Instituição - MUNIQUE MASSARO - UFPB
Externa ao Programa - 1756133 - RITA DE CASSIA BARBOSA PAIVA MAGALHAES - UFRN
Notícia cadastrada em: 16/11/2022 14:00
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao