Banca de DEFESA: JOSÉ RENILDO MOURA SOARES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JOSÉ RENILDO MOURA SOARES
DATA : 01/11/2021
HORA: 14:45
LOCAL: Sala Virtual
TÍTULO:

Proposta de uma sequência didática para o ensino da relatividade geral no ensino médio com a utilização da realidade virtual.


PALAVRAS-CHAVES:

Realidade Virtual; Relatividade Geral; Aprendizagem significativa; sequência de
ensino.


PÁGINAS: 93
RESUMO:

Não é novidade que as tecnologias têm afetado o modo de vida da humanidade e a forma como as pessoas interagem. No processo de ensino-aprendizagem, onde as tecnologias estão cada vez mais próximas dos alunos e da sala de aula, a evolução não é diferente. Neste contexto, uma ferramenta que tem ganhado espaço é a Realidade Virtual, onde o indivíduo tem a possibilidade de visitar outros ambientes sem sair do
seu lugar. Neste estudo, elaboramos uma sequência didática utilizando a Realidade Virtual e seguindo os preceitos da teoria da significância de David Ausubel. Essa teoria estabelece que a aprendizagem é considerada significativa quando o conhecimento a ser aprendido se ancora em conceitos relevantes para os alunos. Utilizamos a base científica sobre o fenômeno ocorrido em Sobral / CE, e para o que comprova a Relatividade Geral de Albert Einstein. Este tema está residente no contexto da física moderna no ensino médio que tem sido um grande desafio para pesquisadores e professores que buscam formas de abordar esta no ensino. Assim, buscando compreender como a realidade virtual pode impactar o processo de ensino e aprendizagem da Relatividade Geral, desenvolvemos esta sequência de ensino. Compartilhamos nossa abordagem em cinco momentos, onde o conhecimento prévio dos alunos é o ponto de partida, e, em um desses momentos, também utilizamos um experimento didático de curvatura espaço-temporal que complementa a simulação de software de realidade virtual, cuja simulação foi no quarto momento da nossa sequência. Todos os equipamentos e experimentos desta seqüência possibilitam a utilização de itens de baixo custo. O produto educacional, que é a sequência de ensino, foi aplicado no segundo semestre de 2019 em uma escola pública do estado do Rio Grande do Norte. E com base nos resultados obtidos na aplicação e percepção com critérios objetivos para medir o sucesso. A partir disso, podemos deduzir que o uso da realidade virtual em conjunto com uma sequência de ensino, pode trazer resultados positivos e melhoria no desempenho do aluno durante o processo de ensino e aprendizagem. Além disso, medimos indicativos de aprendizagem significativa ao ensinar a temática. Globalmente concluímos e acreditamos que esta proposta de utilização da Realidade Virtual, pode ser útil em todos os outros níveis de ensino, e impactando outros conteúdos. Por fim, acreditamos que nosso trabalho pode contribuir para futuras aplicações e práticas de ensino.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2646069 - ALEXSANDRO PEREIRA LIMA
Externo à Instituição - ANTONIO CARLOS DA SILVA MIRANDA - UFRPE
Presidente - 2496004 - JOSE DIAS DO NASCIMENTO JUNIOR
Notícia cadastrada em: 21/09/2021 11:44
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao