Banca de DEFESA: FRANCISCA REGINARIA GOMES LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCISCA REGINARIA GOMES LIMA
DATA : 30/10/2020
HORA: 09:00
LOCAL: https://meet.google.com/rzv-uxye-obx
TÍTULO:

SEQUÊNCIA DIDÁTICA NO ENSINO DE TERMOQUÍMICA: Experimentos investigativos desenvolvidos em grupo


PALAVRAS-CHAVES:

Experimentação Investigativa, Ensino de Termoquímica, Competências e habilidades


PÁGINAS: 120
RESUMO:

A experimentação investigativa tem sido considerada por diversos pesquisadores como uma alternativa para melhorar a aprendizagem e intensificar o papel do aluno nas atividades, possibilitando assim uma maior participação do aluno em todos os processos de investigação, ou seja, desde a interpretação do problema a uma possível solução para ele. Nessa abordagem, os alunos têm a oportunidade de discutir, questionar suas hipóteses e ideias iniciais à luz do quadro teórico, coletar e analisar dados para encontrar possíveis soluções a situação-problema apresentado. Neste sentido a presente pesquisa buscou desenvolver uma sequência didática, acompanhada de orientações e roteiros experimentais investigativos fazendo uso do conteúdo de termoquímica, com aplicação das atividades referentes aos fenômenos. O estudo desenvolvido como pesquisa qualitativa foi aplicada com alunos do 2º ano do ensino médio da E.E.M. Gonzaga da Fonseca Mota, localizada na cidade de Quixadá, Ceará. A coleta de dados foi realizada a partir da análise de dois questionários likert e por meio dos roteiros experimentais investigativos desenvolvidos pelos educandos. Comparando os dois questionários referente aos conhecimentos termoquímicos no qual o primeiro foi aplicado após as aulas teóricas e o segundo após aula teórica e prática, observamos uma evolução considerável nas assertivas. Observamos também um crescimento no quantitativo de alunos conseguiram  correlacionar os conteúdos teóricos às atividades experimentais, bem como associar esses conceitos aos situações em seu cotidiano. Os educandos ainda confirmaram que a utilização de atividades experimentais investigativas como recurso didático facilitou a compreensão do tema central, na qual os mesmos foram os protagonistas da situação. Por fim destacamos que durante a elaboração e execução da Sequência Didática, os educandos conseguiram desenvolver a capacidade de refletir acerca dos eventos que fazem parte de fenômenos termoquímicos, além de desenvolverem técnicas básicas laboratoriais, deixando de lado a tradicional “receita” na tentativa de realizar a articulação dos conhecimentos já adquiridos conjuntamente com a formação de novas concepções. Se colocando diante de situações-problema nas quais eles poderão usar o raciocínio lógico, conhecimentos teóricos e criatividade para propor suas próprias hipóteses, argumentações e explicações, e deste modo, enriquecer o processo de ensino e aprendizagem.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1530500 - ANA CRISTINA FACUNDO DE BRITO PONTES
Interno - 2525587 - CARLOS NECO DA SILVA JUNIOR
Externa à Instituição - REGILANY PAULO COLARES - UNILAB
Notícia cadastrada em: 09/10/2020 11:54
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao