Banca de DEFESA: REGINA AMANDA FRANÇA ALMEIDA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : REGINA AMANDA FRANÇA ALMEIDA
DATA : 28/06/2019
HORA: 08:00
LOCAL: Auditório do CCET - UFRN
TÍTULO:

DESENVOLVIMENTO DE SEQUÊNCIA DIDÁTICA PARA O ENSINO DE DISPERSÕES


PALAVRAS-CHAVES:
Ensino de Química; Ensino de Dispersões; Aprendizagem Significativa; Mapas Conceituais; Sequência didática

PÁGINAS: 94
RESUMO:

Diante da dificuldade e da complexidade que é para o aluno do ensino médio compreender o conteúdo de dispersões e, com o intuito de aperfeiçoar o processo de ensino aprendizagem, esta pesquisa desenvolveu um produto educacional, o qual é caracterizado por uma sequência didática que utiliza a Teoria da Aprendizagem Significativa (desenvolvida inicialmente por David Ausubel e, posteriormente, trabalhada por Marco Antônio Moreira em suas obras) em suas etapas de aplicação. Além da TAS, esta dissertação fez uso de referências como, Joseph Novak, o qual implantou a ideia da utilização de mapas conceituais como um dos principais instrumentos da aprendizagem significativa. O percurso metodológico foi desenvolvido considerando a pesquisa bibliográfica, o planejamento e aplicação da sequência didática. Para a aplicação da sequência de atividades, o público-alvo foi uma turma, que contém 40 alunos, pertencentes à 2ª série do Ensino Médio com modalidade de estudo em Tempo Integral, localizada na cidade de Fortaleza, Ceará. Durante a realização das atividades, os alunos não se identificaram, sendo preservada, desta forma, suas identidades. Para a análise da sequência didática, foram consideradas todas as etapas de sua aplicação: Levantamento de conhecimentos prévios dos estudantes, os subsunçores (a partir de discussões e aplicação de texto); Aula expositiva (a qual foi construída partindo dos resultados do levantamento prévio e abordou conteúdos como, definição e classificação das dispersões, caracterização de suspensões, dispersões coloidais e soluções, tipos de concentração de soluções e Diluição); Utilização de simuladores para fixação e aprofundamento de conhecimentos; Elaboração de mapas conceituais. A unidade didática foi trabalhada em cinco momentos, sendo que cada um teve duração de 100 minutos (duas aulas). Durante a aplicação da sequência didática foram observados como resultados maior interação e participação entre os alunos. Conseguiu-se notar que o desenvolvimento conceitual foi melhorando ao longo das etapas. A construção dos mapas conceituais foi bastante relevante para perceber as relações conceituais sobre Dispersões que os estudantes conseguiram formar em suas estruturas cognitivas.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - REGILANY PAULO COLARES - UNILAB
Presidente - 1530500 - ANA CRISTINA FACUNDO DE BRITO PONTES
Interno - 1804952 - FERNANDO JOSÉ VOLPI EUSÉBIO DE OLIVEIRA
Notícia cadastrada em: 11/06/2019 11:26
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa01-producao.info.ufrn.br.sigaa01-producao