Banca de QUALIFICAÇÃO: ANICETO RODRIGUES DE OLIVEIRA NETO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANICETO RODRIGUES DE OLIVEIRA NETO
DATA : 06/02/2019
HORA: 09:00
LOCAL: A definir
TÍTULO:

O efeito dos GIF’s no processo de ensino-aprendizagem de Cinética Química


PALAVRAS-CHAVES:

Cinética Química; TIC; GIF


PÁGINAS: 30
RESUMO:

As Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs), que cotidianamente são usadas pela conhecida geração digital e por muitas vezes utilizadas nos ambientes escolares, tem proporcionado ao aluno uma maior clareza quanto a assimilação de conteúdos. Atualmente é constatado no ambiente escolar um grande aparato tecnológico, que abriu novas possibilidades na busca de contextos significativos para a aprendizagem do conhecimento científico, entretanto, como a tecnologia está em atualização constante, os recursos que a escola dispõe estão perdendo espaço para aparelhos e tecnologias mais recentes. O presente trabalho tem como foco desenvolver o conteúdo de Cinética Química tendo como auxílio a utilização de GIFs, elaborados pelos estudantes, inserindo-o como uma ferramenta de aprendizagem, contribuindo com a didática dos professores e a aprendizagem dos alunos, aprimorando sua capacidade de compreensão. Desenvolvido em seis momentos, buscou-se abordar a teoria sobre a aprendizagem significativa de Ausubel e a teoria do processo sócio-interacionista de Vigotsky. No primeiro momento foi desenvolvido um questionário inicial de dez questões sobre o conhecimento prévio dos alunos, o segundo momento, a realização de uma aula prática envolvendo dois experimentos que abordaram a superfície de contato e a concentração dos reagentes na taxa de desenvolvimento da reação. O terceiro momento consistiu em uma oficina de elaboração de GIFs. O próximo passo foi inserir os GIFs como recurso educacional na explanação de cinética química seguido da aplicação do mesmo questionário utilizado no início do projeto, realizando uma nova coleta de dados, e o último momento, consistiu na aplicação de um questionário de memória de longa duração para verificação de quanto os alunos conseguiram apreender do conteúdo. O estudo de caso abordou 200 estudantes divididos em duas salas de aula (metodologia tradicional) e duas salas de aula (GIFs) da Escola de Ensino Médio Helenita Lopes Gurgel Valente, na cidade de Fortim – CE. Durante a análise dos dados, observou-se que os resultados apresentaram dados bastante significativos na melhoria no processo ensino-aprendizagem, bem como uma maior compreensão do conteúdo de cinética química.
 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1913849 - EDGAR PERIN MORAES
Interno - 1804952 - FERNANDO JOSE VOLPI EUSEBIO DE OLIVEIRA
Interno - 1695600 - PATRICIA FLAVIA DA SILVA DIAS MOREIRA
Notícia cadastrada em: 03/01/2019 11:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao