Banca de QUALIFICAÇÃO: EDSON RAFAEL DE SOUSA ARAÚJO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : EDSON RAFAEL DE SOUSA ARAÚJO
DATA : 20/11/2019
HORA: 10:30
LOCAL: anfiteatro das aves
TÍTULO:

Avaliação dos efeitos da artrite experimental induzida por adjuvante completo de Freund e do tratamento com formulações de Rhus toxicodendron e Ruta graveolens na morfologia renal


PALAVRAS-CHAVES:

Artrite reumatoide; Rim; Fitoterapia; Morfofisiologia.


PÁGINAS: 38
RESUMO:

A artrite reumatoide (AR) é uma doença autoimune que afeta centenas de pessoas no mundo inteiro. Caracteriza-se por uma inflamação sistêmica que pode levar a nefropatias e insuficiência renal. Este trabalho teve por objetivo avaliar os efeitos da artrite induzida por adjuvante (AIA) e do tratamento com Rhus toxicodendron e Ruta Graveolens nos aspectos morfofuncionais do rim, pela análise da densidade e morfometria glomerular, bem como, da fibrose renal. Foram utilizados 30 ratos machos, adultos da linhagem Holtzman (214,57g) divididos em seis grupos (n=5): C (animais controle sem a artrite); A (animais artríticos sem tratamento); RG-D9 (animais artríticos tratados com Ruta graveolens na diluição D9); RT-D9 (animais artríticos tratados com Rhus toxicodendron na diluição D9); RR-D9 (animais artríticos tratados com Rhus toxicodendron + Ruta graveolens, ambas na diluição D9) e A-Ib (animais artríticos tratados com Ibuprofeno). O tratamento experimental teve duração de 28 dias e, após este período os rins foram coletados e processados conforme a rotina histológica, e amostras foram coradas com HE (análise histopatológica), PAS (análises morfométricas e da glomeruloesclerose) e Tricrômico de Masson (análise da fibrose). Os resultados preliminares são expressos como média ±erro padrão com nível de significância p<0,05 pelo teste de Tukey e, observou-se peso corporal e renal semelhantes entre todos os grupos. A densidade glomerular foi maior nos grupos A e RT-D9 em relação ao grupo C, porém entre os demais grupos (RT-D9, RR-D9 e A-Ib) está foi semelhante à A e também semelhante a C. Houve redução da área glomerular (AG) em todos os grupos artríticos, porém em RR-D9 ela foi significativamente menor que A, e RG-D9 e RR-D9 foram menores que C (p<0,05). Quanto a espessura da cápsula glomerular (ECG) observou-se aumento nos grupos artríticos sendo esta diferença significativa nos grupos RT-D9 e RR-D9 em relação aos grupos A e C (p<0,05). A área do tufo glomerular (ATG) foi menor em todos os grupos artríticos em relação a C (p<0,05), sendo RG-D9 menor que A, e RR-D9 e A-Ib mai0r que A (p<0,05). A área do espaço urinário (AEU) foi maior em A e RG-D9 que nos demais grupos (p<0,05).


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - DÁFINY EMANUELE DA SILVA MARQUES
Externa ao Programa - 1544854 - NAIANNE KELLY CLEBIS
Presidente - 2477216 - NAISANDRA BEZERRA DA SILVA FARIAS
Notícia cadastrada em: 09/11/2019 19:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao