Banca de QUALIFICAÇÃO: KADIGNA CARLA SILVA COSTA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KADIGNA CARLA SILVA COSTA
DATA : 15/06/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Morfologia
TÍTULO:

ANÁLISE MORFOFUNCIONAL DO TESTÍCULO E DO PROCESSO ESPERMATOGÊNICO DO MORCEGO Artibeus planirostris (CHIROPTERA: PHYLLOSTOMIDAE)


PALAVRAS-CHAVES:

Morcegos, Biologia reprodutiva, Processo espermatogênico.


PÁGINAS: 20
RESUMO:

Os morcegos atuam de diversas maneiras na regulação dos ecossistemas. Diante da escassez de estudos sobre sua biologia reprodutiva, sobretudo em machos, este estudo teve por objetivo quantificar o processo espermatogênico do morcego Artibeus planirostris, bem como suas variações sazonais, através da análise morfológica e morfométrica dos testículos. Os animais foram coletados no ano 2014, entre as estações seca (n=9) e chuvosa (n=9) no campus central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Natal-RN). Após eutanásia os testículos foram coletados e processados histologicamente para inclusão em historesina e analisados sob microscopia de luz. Os resultados obtidos quanto à morfometria foram comparados pelo teste de Kruskal-Wallis ou pelo teste t, considerando-se um nível de significância de 5% (p<0,05). Considerando-se as duas estações, os animais apresentaram índice gonadossomático (IGS) médio de 0,47% e os túbulos seminíferos representaram cerca de 94% do parênquima testicular, sendo o restante representado pelo intertúbulo. Os túbulos seminíferos foram representados por cerca de 28% de lúmen, 60% de epitélio seminífero e 5% de túnica própria. Apenas o lúmen apresentou variação significativa entre as estações avaliadas, de modo que o maior percentual foi encontrado na estação chuvosa. O diâmetro tubular e a altura do epitélio seminífero apresentaram médias de 140μm e 43μm, respectivamente. Obteve-se comprimento tubular médio por grama de testículo de 66m e índice tubulossomático (ITS) de 0,42%. O percentual de células de Leydig e vasos linfáticos no intertúbulo foi significativamente maior na estação seca quando comparada à estação chuvosa, enquanto o percentual de tecido conjuntivo no intertúbulo foi maior na estação chuvosa. O percentual de vasos linfáticos nos testículos foi significativamente maior na estação seca, enquanto o percentual de tecido conjuntivo nos testículos foi maior na estação chuvosa, assim como seu volume no parênquima testicular (p<0,05). Já o índice Leydigossomático (ILS) foi maior na estação seca. Pode-se concluir que Artibeus planirostris apresentou padrão testicular semelhante ao de outros mamíferos, e foram observadas variações significativas na distribuição dos componentes intertubulares entre as estações avaliadas. Os resultados obtidos revelaram dados importantes acerca da dinâmica gonadal destes animais nas estações avaliadas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1718086 - DANIELLE BARBOSA MORAIS
Interno - 1076490 - FERNANDO VAGNER LOBO LADD
Interno - 1672446 - SIMONE ALMEIDA GAVILAN LEANDRO DA COSTA
Notícia cadastrada em: 03/06/2016 11:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa17-producao.info.ufrn.br.sigaa17-producao