Banca de QUALIFICAÇÃO: SANIELY TARGINO DE OLIVEIRA DUTRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SANIELY TARGINO DE OLIVEIRA DUTRA
DATA : 27/10/2022
HORA: 10:30
LOCAL: Departamento de Tocoginecologia/MEJC/UFRN
TÍTULO:

DESENVOLVIMENTO DE RECURSO EDUCATIVO SOBRE SEGURANÇA DO PACIENTE: PROPOSTA DE PROTÓTIPO DE UM SERIOUS GAME (SAFETYGAME)


PALAVRAS-CHAVES:

Segurança do Paciente; Educação Continuada; Tecnologia no Ensino em Saúde.


PÁGINAS: 52
RESUMO:

A segurança do paciente é fundamental para a prestação de cuidados de saúde em todos os seus ambientes. No entanto, atualmente, os danos ao paciente decorrentes dos cuidados em saúde são um grande e crescente desafio de saúde pública global e uma das principais causas de morte e invalidez em todo o mundo gerando também danos à economia. A saber, o presente estudo teve como objetivo desenvolver a proposta de protótipo de um serious game sobre segurança do paciente (safetygame), com foco nos protocolos da política nacional de segurança do paciente (PNSP). Dessa forma, para atingir o objetivo, foi realizada uma pesquisa aplicada com abordagem quantitativa e caráter transversal. A construção do serius game foi realizada a partir do referencial metodológico de Benitti, Seara e Schlindwen, que descreve o processo em quatro etapas: concepção, elaboração, finalização e viabilização. Para a etapa de concepção foi realizada uma revisão de escopo a fim de identificar na literatura os cenários em que mais são relatados eventos adversos para serem então utilizados na segunda etapa que é a elaboração. Na etapa de elaboração foi idealizada a proposta de protótipo utilizando os cenários identificados na etapa de concepção. Para a etapa de finalização será necessária a colaboração de um profissional especializado em criação de tecnologias, e a etapa de viabilização requer uma validação preliminar com profissionais experts em segurança do paciente. Os resultados até então alcançados dizem respeito à revisão de escopo e a construção dos cenários do Safety game. Na revisão de escopo foi possível identificar os setores assistencias em que os pacientes mais sofrem eventos adversos, os tipos de eventos que ocorrem e, os profissionais envolvidos. Quanto aos setores, teve-se: Unidade de Terapia Intensiva, (adulto e pediátrico); enfermarias médicas e cirúrgicas; setor de obstetrícia; setor de exames ambulatoriais; urgências e emergências e setor cirúrgico. Os tipos de erros foram: erro de prescrição; erro de administração; erro de distribuição. Já quanto às classes profissionais envolvidas teve-se: médicos, enfermeiros e equipe de enfermagem, e farmacêuticos. Em relação à construção dos cenários do Safetygame, após realizar o diagnóstico a respeito dos principais cenários em que os erros assistenciais acontecem, espera-se poder incorporar os protocolos de forma mais dinâmica com a utilização de metodologia ativa através do uso da tecnologia. O jogo foi idealizado para que ocorra o envolvimento do profissional na escolha de condutas e procedimentos que poderão resultar em diferentes desfechos para o paciente. E, com essa associação espera-se melhorar as práticas assistenciais e reduzir os erros e os danos ocasionados aos pacientes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149381 - ANA CRISTINA PINHEIRO FERNANDES DE ARAUJO
Interna - 1020269 - PETALA TUANI CANDIDO DE OLIVEIRA SALVADOR
Interna - 2644228 - SIMONE DA NOBREGA TOMAZ MOREIRA
Notícia cadastrada em: 13/10/2022 08:11
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa18-producao.info.ufrn.br.sigaa18-producao