Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA GERMANA LEITE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA GERMANA LEITE
DATA : 22/04/2021
HORA: 14:00
LOCAL: https://meet.google.com/mnz-vbxb-nmh
TÍTULO:

A Interprofissionalidade como Instrumento de Ensino: Elaboração de Matriz de Competências Colaborativas para a Residência Multiprofissional de uma Maternidade Escola


PALAVRAS-CHAVES:

Competência colaborativa; Aprendizagem colaborativa; Avaliação educacional.


PÁGINAS: 37
RESUMO:

A interprofissionalidade apresenta-se na atualidade como fundamental para a formação de profissionais de saúde que visem o cuidado verdadeiramente integral de pacientes e o trabalho em equipe. Nesse sentido, o desenvolvimento de competências colaborativas vem para auxiliar docentes e discentes a atingirem esse objetivo. A Educação Interdisciplinar reconhece e respeita os pressupostos específicos de cada profissão e protege sua identidade. Ao lidar com a diferença, ela trabalha no sentido de atingir os resultados baseados em competências dentro de uma estrutura comum. O objetivo geral da pesquisa é elaborar uma matriz de competências colaborativas para a Residência Multiprofissional em Saúde da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC). A matriz de competências colaborativas proposta neste trabalho para a Residência Multiprofissional em Saúde da MEJC foi pensada com o propósito de estabelecer uma matriz que fosse norteadora aos preceptores, tutores e coordenadores do programa, a fim de orientá-los o em todo o processo de formação e capacitação dos residentes, no tocante às competências colaborativas. Trata-se de um estudo qualitativo realizado na Maternidade Escola Januário Cicco, Natal, Rio Grande do Norte. A elaboração baseou-se no Projeto Político Pedagógico (PPP) da Residência Multiprofissional em Saúde da Maternidade Escola Januário Cicco e em outras matrizes encontradas na literatura, tendo ocorrido em duas etapas: levantamento bibliográfico acerca das competências colaborativas necessárias à formação de profissionais de saúde e elaboração da matriz. A matriz de competências colaborativas elaborada foi formada por cinco eixos: relacionamento interpessoal e comunicação; profissionalismo e ética; senso de responsabilidade e proatividade; abordagem centrada na pessoa, na família e na comunidade e humanização do cuidado. Cada eixo apresenta competências desejadas ao egresso da Residência Multiprofissional em Saúde da MEJC. A residência multiprofissional da MEJC já possui as competências específicas elaboradas para cada profissão, o que gerou as respectivas avaliações de cada profissão. No entanto, ainda existe a lacuna das competências colaborativas, que será preenchida pela matriz de competências colaborativas aqui proposta. Esta fornecerá elementos para a elaboração de instrumento de avaliação de competências colaborativas dos residentes do programa. Chega em um momento crucial e de extrema importância, quando o ensino na MEJC toma proporções maiores e galga um novo patamar, o da profissionalização do ensino. É o momento em que a grande maioria dos preceptores e tutores já foi capacitada para o ensino e que surge a necessidade de aprimorar processos práticos, como o da avaliação dos residentes.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1258707 - ANTONIO DE LISBOA LOPES COSTA
Presidente - 2626690 - JANETE LIMA DE CASTRO
Interno - 3050262 - MARCELO VIANA DA COSTA
Notícia cadastrada em: 12/04/2021 21:57
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao