Banca de DEFESA: RUY MEDEIROS DE OLIVEIRA JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RUY MEDEIROS DE OLIVEIRA JUNIOR
DATA : 12/06/2020
HORA: 15:00
LOCAL: Online - link: meet.google.com/zyr-xqxu-xjo
TÍTULO:

CRIAÇÃO DE PODCAST COMO FERRAMENTA EDUCACIONAL PARA ESTUDANTES DE MEDICINA.


PALAVRAS-CHAVES:

Educação médica; Aprendizagem Ativa; Educação em saúde; Webcast;Tutoria.


PÁGINAS: 81
RESUMO:

Introdução: As novas Diretrizes Curriculares Nacional (DCN) do curso de medicina têm o objetivo de permitir um preparo mais completo do médico e sugere que a educação médica deverá usar mecanismos pedagógicos que possibilitem a atuação do aluno na construção do conhecimento. Uma ferramenta amplamente usada no meio acadêmico, atualmente, e como tecnologia de ensino em saúde em todo o mundo tem sido o webcast, ou podcast. O podcast é uma forma de publicação de arquivos de mídia digital em áudio ou vídeo na internet, através de um feed rss, sendo uma ferramenta amplamente utilizada para divulgação científica de centros universitários e como tecnologia de e-learning por ser familiar a nova geração de estudantes, e ter baixo custo de produção. Objetivo: Avaliar o processo de criação do podcast como ferramenta educacional em saúde para estudantes de graduação de medicina. Metodologia: O tipo de estudo é de natureza qualitativa, com orientação metodológica da pesquisa-ação, onde foram selecionados quatro grupos de estudantes, sendo atribuído a cada um deles um período de desenvolvimento de um bebê (0 a 3 meses; 3 a 6 meses; 6 a 9 meses; e 9 a 12 meses). Numa primeira etapa, foi realizada discussão sobre o desenvolvimento infantil no primeiro ano de vida, mediada pelo mestrando. Numa segunda etapa foi designado aos grupos de estudantes a criação de roteiros de podcast com a finalidade de educação da população acerca da estimulação de crianças no primeiro ano de vida, de acordo com cada período preestabelecido para cada grupo. Numa terceira etapa, foi realizada a gravação dos podcasts de acordo com os roteiros criados, sob supervisão do mestrando e análise dos participantes. Após a edição do material, os podcasts foram veiculados via Whatsapp para mães de pacientes do Centro de Educação e Pesquisa Anita Garibaldi, e disponibilizados publicamente via agregadores de podcast. Por fim, os alunos foram submetidos a grupo focal para discussão da experiência na confecção do produto, e no processo de aprendizagem. Resultado: os estudantes percebem a criação de podcast como uma experiência interessante tanto para o processo de aprendizagem do conteúdo como também para o desenvolvimento de competências relacionadas à comunicação com os pacientes. Apesar da dificuldade em associar o assunto proposto à uma linguagem acessível à população, a criação de podcasts mostrou-se uma ferramenta interessante para treinar a linguagem dos estudantes e o trabalho em equipe. Entretanto, é preciso atentar-se para a confecção do texto, sob supervisão de especialista, evitando assim ruídos na interpretação pelos ouvintes. Por fim, foi sugerido pelos alunos uma avaliação dos ouvintes quanto à importância do material veiculado e a possibilidade de envolvimento dos pacientes no processo de elaboração dos podcasts, bem como análise da audiência e alcance do produto.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3050262 - MARCELO VIANA DA COSTA
Externo à Instituição - ANTONIO DE PADUA PITHON CYRINO - UNESP
Externo à Instituição - MARIO LUIS RIBEIRO CESARETTI - PUC - SP
Externo à Instituição - SYLVIA HELENA SOUZA DA SILVA BATISTA - UNIFESP
Notícia cadastrada em: 27/05/2020 20:45
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao