Banca de DEFESA: LEONARDO NOGUEIRA PIMENTEL

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LEONARDO NOGUEIRA PIMENTEL
DATA : 09/12/2019
HORA: 14:30
LOCAL: Sala de videoconferência do 3o andar da MEJC
TÍTULO:

O processo de ensino/aprendizagem em refratometria usando ferramenta digital (Helper Keratoconus)


PALAVRAS-CHAVES:

Ceratocone; refratometria; Educação Médica.


PÁGINAS: 30
RESUMO:

A presença de ceratocone sempre dificultou o cálculo da refratometria do paciente, seja por meio da retinoscopia (esquiascopia), seja utilizando o autorefrator. Desta forma, algumas vezes fica difícil encontrar tais valores de maneira rápida e confiável no dia-a-dia do consultório oftalmológico. Somado a isso, o ensino da refratometria sempre representou um desafio para os serviços de formação de oftalmologista, isso se explica pelo fato de se tratar de um exame que carrega certa habilidade específica a ser dominada, além da necessidade do conhecimento da física, matemática e geometria para a compreensão de como determinar e anular os chamados vícios refracionais (ametropias) do sistema óptico do olho humano. O aplicativo HELPER KERATOCONUS fornece de forma rápida e prática a medida teórica da refratometria, a partir da ceratometria do paciente, a qual será inserida no refrator e refinada. Realizamos um workshop de ensino da competência em refratometria com o uso do aplicativo, utilizando a técnica de ensino flipped classroom. Trata-se de uma pesquisa explotatório descritiva, que foi desenvolvida no Hospital Universitário Onofre Lopes – HUOL/UFRN.  Envolveram residentes e preceptores do serviço de oftalmologia do HUOL. Aconteceu em 3 fases. A primeira fase foi composta por uma sala de aula invertida com duração de aproximadamente 50 minutos, com metodologia flipped classroom, cujo tema foi o funcionamento e o uso do aplicativo HELPER KERATOCONUS, após isso houve discussões, esclarecimentos, exercícios ou outras atividades de aprendizado para melhorar a aplicação do conhecimento. Na segunda fase, os residentes tiveram aula prática, onde foram treinados para utilizarem o aplicativo na rotina de atendimento. Na terceira fase, os residentes responderam a um questionário semiestruturado, onde foram abordadas informações sobre as atividades de ensino e aprendizagem.  Nesse contexto, acredita-se que o projeto contribuiu para o desenvolvimento de habilidades no ensino da refratometria, como também para uma maior aproximação dos avanços tecnológicos e novas técnicas de ensino na residência médica. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1369275 - CLECIO DE OLIVEIRA GODEIRO JUNIOR
Presidente - 2495698 - JOSE DINIZ JUNIOR
Externa à Instituição - MAIRA TIYOMI SACATA TONGU NAZIMA - UNIFAP
Notícia cadastrada em: 28/11/2019 09:20
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao