Banca de DEFESA: KESSIA LARISSA DE MEDEIROS QUIRINO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KESSIA LARISSA DE MEDEIROS QUIRINO
DATA : 03/09/2019
HORA: 13:00
LOCAL: Auditório Iaperi, no 2º andar do Prédio de Toco-Ginecologia
TÍTULO:

Avaliação da Interactive Spaced Education como ferramenta de ensino no contexto da Doença Renal Crônica


PALAVRAS-CHAVES:

Tecnologia educacional; Educação a distância; Educação médica; Insuficiência Renal Crônica.


PÁGINAS: 56
RESUMO:

Introdução: A Doença Renal Crônica (DRC) atualmente atinge proporções epidêmicas no mundo e apesar do esforço empenhado para o ensino da abordagem apropriada desta doença, estudos têm identificado lacunas no conhecimento da DRC, surgindo a necessidade de buscar estratégias pedagógicas que auxiliem no seu processo de ensino-aprendizagem. Objetivos: Avaliar a ferramenta Interactive Spaced Education (ISE) para o aprendizado de estudantes de medicina do 2º, 3º e 4º ano em um curso extra-curricular sobre DRC, objetivamente e sob a perspectiva do aluno. Métodos: Trata-se de um estudo quase-experimental cuja população foi composta por estudantes de medicina do 2º, 3º e 4º ano do Curso de Medicina inscritos em curso de extensão sobre DRC, com duração de 6 semanas. O curso foi ofertado para duas turmas no segundo semestre letivo, utilizando aula expositiva e ferramenta online ISE. O programa ISE foi composto por 3 ciclos, com 20 itens cada que se repetiam em todos os ciclos. Foram calculados a taxa de participação da ISE nas duas turmas, extrato de desempenho progressivo entre os alunos que concluíram > 75% dos itens da ISE, além da avaliação da ferramenta pelos alunos através de questionário com score de Likert e de questões abertas sobre opinião e sugestões. Resultados e discussão: A taxa de participação foi baixa devido o curso não fazer parte do currículo da graduação. Demonstrou-se através de teste de Friedman que houve efeito da utilização da ferramenta sobre a melhoria no desempenho dos estudantes, e por meio da correção de Bonferoni, evidenciou-se que foi significativa a diferença entre o primeiro e o terceiro ciclo. Os alunos julgaram a estratégia útil para reforço de aspectos-chave e para prática profissional, além de demonstrarem interesse de participar de outras atividades com o uso da ferramenta. Os estudantes identificaram no curso as vantagens dos efeitos de teste e espaçamento da ISE. Conclusão: A ISE mostrou-se eficaz em melhorar o desempenho e apresentou boa aceitabilidade entre os alunos que completaram o programa.


MEMBROS DA BANCA:
Interna - 1149381 - ANA CRISTINA PINHEIRO FERNANDES DE ARAUJO
Externo à Instituição - MAURICIO GALVAO PEREIRA - UnP
Presidente - 2171948 - PAULO JOSE DE MEDEIROS
Notícia cadastrada em: 23/08/2019 09:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao