Banca de DEFESA: SANDRA LUCIA DIAS NUNES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SANDRA LUCIA DIAS NUNES
DATA : 03/05/2019
HORA: 14:00
LOCAL: Sala Araken- 2 andar do DTG
TÍTULO:

POTENCIALIDADES E DESAFIOS NO EXERCÍCIO DA PRECEPTORIA NO ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO DA GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM


PALAVRAS-CHAVES:

Tutoria; Preceptoria em Enfermagem; Educação emSaúde, Estudantes de Enfermagem.


PÁGINAS: 50
RESUMO:

A preceptoria é uma nova modalidade de ensino no cenário de formação em saúde, na qual o profissional do serviço de assistência assume a função de acolher, orientar e mostrar ao aluno a inserção no mundo real do trabalho. Com vistas a compreender e refletir sobre esse assunto, realizou-se o presente estudo com o objetivo de identificar as potencialidades e desafios no exercício da preceptoria no estágio curricular supervisionado hospitalar da graduação em enfermagem. O estudo foi do tipo descritivo e abordagem qualitativa, realizado nos meses de maio e junho de 2018em um Hospital Universitário de Referência no Nordeste. A amostra foi composta por 21 enfermeiros assistenciais que exercem a função de preceptoria de estudantes do curso de graduação em enfermagem, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Para a pesquisa empírica, foi utilizado um roteiro semiestruturado composto por 14 perguntas abertas, dividido em duas partes: caracterização do profissional e dificuldades vivenciadas pelos enfermeiros no exercício da preceptoria e as suas potencialidades. Contou com a anuência da instituição onde se desenvolveu o estudo e a aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa do HUOL, conforme CAAE n°80784017.7.0000.5292. A análise do conteúdo com referencial teórico de Bardin possibilitou o agrupamento de resultados em quatro categorias temáticas, a posteriori: potencialidades, dificuldades, sugestões e experiências, a partir das quais, pode-se inferir que a concepção de formar o aluno para o mercado de trabalho é desafiadora, contudo, vem se consolidando e se revelando uma perspectiva de mudança no modelo de ensino e formação de profissionais de saúde.Também foi utilizado o software Alceste 4.9 que após uma análise léxica do conteúdo delimitou quatro classes,sendo três agrupadas no eixo dois e uma classe no eixo um.Como produto desse estudo, foi proposto um procedimento operacional padrão de acompanhamento de Estágio Curricular supervisionadopara alunos de graduação em Enfermagem.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1149381 - ANA CRISTINA PINHEIRO FERNANDES DE ARAUJO
Externa ao Programa - 2262871 - ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONCA
Externa à Instituição - ISABEL CRISTINA AMARAL DE SOUSA ROSSO NELSON - UERN
Notícia cadastrada em: 05/04/2019 15:35
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa28-producao.info.ufrn.br.sigaa28-producao