Banca de QUALIFICAÇÃO: JOSAIR CUSTODIO DE MESQUITA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSAIR CUSTODIO DE MESQUITA
DATA: 12/06/2015
HORA: 10:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Tocoginecologia – MEJC - UFRN
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA PERCEPÇÃO DA ASSISTÊNCIA AO PARTO PELOS ALUNOS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM

MEDICINA E ENFERMAGEM DA UFRN.


PALAVRAS-CHAVES:

Medicina, Enfermagem, Humanização, Assistência ao parto, Graduação.


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
SUBÁREA: Saúde Materno-Infantil
RESUMO:

A partir das inquietações sobre a forma tecnológica e mecanicista que o parto vem sendo abordado, e na busca pelo resgate do parto como um evento natural, com o mínimo de intervenções possíveis, surgem os primeiros ideais sobre a humanização do parto. No campo da assistência ao pré-natal, parto e puerpério, as discussões sobre a humanização trazem demandas antigas e, nos últimos anos, vários autores e organizações não governamentais têm demonstrado suas preocupações com a melhoria da assistência à gestante, parto e puerpério, propondo modificações no modelo de assistência. Então, a graduação em Medicina e Enfermagem é um momento oportuno e promissor para se discutir e analisar a assistência ao parto normal, pois constrói nos discentes perspectivas e posturas adequadas para uma assistência à mulher no processo parturitivo, e assim livres de intervenções desnecessárias e maléficas neste momento tão singular que é o parto normal. Objetivo: Promover a avaliação da percepção da assistência ao parto pelos alunos dos cursos de Medicina e Enfermagem da UFRN e contribuir para a avaliação e uma modificação curricular adequada aos princípios da humanização do parto. Metodologia: Foi realizado um estudo de abordagem qualitativa e de caráter descritivo, com estudantes da graduação em Medicina e Enfermagem, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, que estavam cursando ou já haviam cursado as disciplina de obstetrícia, na medicina; e saúde da mulher, na enfermagem. Os dados foram coletados utilizando-se um questionário, contendo questões objetivas e subjetivas. Para abordagem do material empírico coletado, foi utilizado a Análise de Conteúdo, sendo pautada pelo referencial teórico de Bardin, o qual caracteriza como um conjunto de técnicas de análise das comunicações, que pode expressar uma análise de significados, como também uma análise dos significantes. O Estudo se apresenta como de grande relevância, pois os resultados encontrados podem contribuir para avaliação e modificação curricular do ensino da obstetricia e podem servir como subvenção para a análise das práticas de humanização que devem ser desenvolvidas nas instituições de ensino e que são preconizadas pelo Ministério da Saúde.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1149381 - ANA CRISTINA PINHEIRO FERNANDES DE ARAUJO
Externo ao Programa - 2171955 - ROBINSON DIAS DE MEDEIROS
Presidente - 346268 - TÉCIA MARIA DE OLIVEIRA MARANHÃO
Notícia cadastrada em: 11/06/2015 05:29
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa09-producao.info.ufrn.br.sigaa09-producao