Banca de DEFESA: GIZEUDA TEIXEIRA DE ARAUJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: GIZEUDA TEIXEIRA DE ARAUJO
DATA: 30/04/2015
HORA: 09:00
LOCAL: DEPARTAMENTO DE TOCOGINECOLOGIA
TÍTULO:

ANÁLISE DO PERFIL DE ENCAMINHAMENTOS DA ATENÇÃO PRIMÁRIA PARA PRÉ–NATAL DE ALTO RISCO – DESAFIOS PARA O ENSINO DE COMPETÊNCIAS NA ÁREA DA SAÚDE MATERNO-INFANTIL


PALAVRAS-CHAVES:

Educação médica; Competência clínica; Competência profissional; Cuidado pré-natal.


PÁGINAS: 22
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Medicina
SUBÁREA: Saúde Materno-Infantil
RESUMO:

OBJETIVO: identificar um perfil das principais causas de encaminhamentos inadequados da atenção primária para o pré-natal de alto risco, como subsídio para o planejamento de ações voltadas para a qualificação do ensino de competências essenciais na área da saúde materna. MÉTODOS: estudo com delineamento transversal, baseado na análise documental de todos os encaminhamentos de gestantes para o serviço de pré-natal de alto risco (PNAR) da Maternidade Escola Januário Cicco (MEJC), serviço de referência obstétrica para o estado do Rio Grande do Norte. Todas as gestantes encaminhadas no período de junho a dezembro de 2014 (n=771) passaram por consulta de triagem, na qual foi preenchido formulário para análise da causa clínica que motivou o encaminhamento para o PNAR. Os encaminhamentos foram classificados como adequados, inadequados ou inconclusivos. RESULTADOS: Foram detectados 188 encaminhamentos inadequados (24,4%) e 93 inconclusivos (12,1%), totalizando 36,5% de encaminhamentos inapropriados. As principais causas identificadas nos encaminhamentos inadequados foram: gestação de baixo risco (12,8%), hipertensão arterial não confirmada (12,1%), ameaça de abortamento (8,9%), gravidez na adolescência (7,1%), toxoplasmose (5,3%), incompatibilidade sanguínea RH (4,6%) e infecção do trato urinário (4,3%). Os dados obtidos fornecem subsídios para os seguintes produtos: 1) planejamento de atividades de educação permanente voltadas para os profissionais da saúde da atenção primária, alunos de graduação e residentes; e 2) formulação de uma plataforma virtual para suporte aos profissionais que necessitam encaminhar pacientes ao PNAR, através do programa de Telessaúde. CONCLUSÃO: Os resultados do trabalho são de grande relevância no contexto atual da formação profissional em saúde, com potencial para impactar positivamente não apenas no desenvolvimento de competências relacionadas à saúde materna na graduação e pós-graduação, assim como na qualificação da atenção à saúde prestada à população.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1348383 - GEORGE DANTAS DE AZEVEDO
Externo ao Programa - 1149381 - ANA CRISTINA PINHEIRO FERNANDES DE ARAUJO
Externo à Instituição - JOSE EDVAN DE SOUZA JUNIOR - UERN
Notícia cadastrada em: 25/04/2015 06:52
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa25-producao.info.ufrn.br.sigaa25-producao