PPGMUS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA ESCOLA DE MÚSICA Telefone/Ramal: (84) 99474-6734 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgmus

Banca de DEFESA: AVELANGE AMORIM LIMA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : AVELANGE AMORIM LIMA
DATA : 23/11/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

POSSIBILIDADES DE ESCRITA E PERFORMANCE PARA TROMPA EM DOBRADOS NAS BANDAS DE MÚSICA


PALAVRAS-CHAVES:

Trompa, Performance, Dobrado, Banda de Música.


PÁGINAS: 133
RESUMO:

A presente pesquisa objetiva identificar as possibilidades técnico-interpretativas na escrita e performance da trompa no gênero dobrado. Nessa perspectiva, a pesquisa divide-se em seis seções, símiles às partes de um dobrado, a saber: introdução; parte A; parte B; ponte; parte C (trio); e coda final. A metodologia adotada fundamenta-se no estudo bibliográfico, na análise estrutural das funções de canto, contracanto, centro e baixo das partituras, além de entrevistas semiestruturadas. Identifica-se nas três seções iniciais o universo da pesquisa (banda de música, trompa e dobrado), de modo que a fundamentação teórica fundamenta-se em autores como Brum (1980), Carvalho (1994) Adle (2006), Dantas (2015), Campos (2015) e Sotelo (2008), entre outros. Sobre a ponte, realizou-se uma consulta junto a quinze mestres de banda estudantis atuantes na cidade de Teresina, Piauí, a fim de perceber a dimensões em que se assimila a trompa no contexto dos dobrados. Constatou-se que o uso da trompa a configura como instrumento de centro, sem variação de funções, embora haja uma clara manifestação de novas perspectivas de performance nesse gênero, em razão das necessidades de inserção de desafios aos trompistas, no tocante ao estímulo a estudos do instrumento e à permanência na banda. Na parte C (trio), propõe-se a forma metodológica da escrita para trompa, a partir da identificação das funções de centro e de canto essenciais na proposição de performances, observando os aspectos idiomáticos e sonoros de escrita, correlacionados com os demais instrumentos da banda de música, a partir da tabela de extensão da trompa. Como resultado da pesquisa, apresentam-se partes extras de trompa dos dobrados Batista de Melo, Avante Camaradas, Dois Corações e Barão do Rio Branco, adaptadas para o uso com os arranjos originais, enquanto possibilidade de escrita e performance da trompa na banda de música.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CELSO JOSÉ RODRIGUES BENEDITO - UFBA
Externa à Instituição - LUIS RICARDO SILVA QUEIROZ - UFPB
Presidente - 1627429 - RADEGUNDIS ARANHA TAVARES FEITOSA
Notícia cadastrada em: 09/11/2022 12:54
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao