PPGMUS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA ESCOLA DE MÚSICA Telefone/Ramal: (84) 99474-6734 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgmus

Banca de QUALIFICAÇÃO: AVELANGE AMORIM LIMA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : AVELANGE AMORIM LIMA
DATA : 14/06/2022
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência
TÍTULO:

Possibilidades de escrita e performance para trompa em dobrados nas bandas de música


PALAVRAS-CHAVES:

Trompa, Performance, Dobrado, Banda de Música.


PÁGINAS: 130
RESUMO:

A presente pesquisa realiza um estudo sobre as possibilidades de escrita e performance da trompa no gênero dobrado, inicialmente buscou compreender como a trompa é determinada e percebida na banda de música tradicional em autores como Brum (1980), Carvalho (1994) e Adle (2006). Quais as circunstâncias culturais e técnicas estão envolvidas na escrita para esse instrumento no dobrado, em Dantas (2015), e suas possibilidades técnicas-interpretativas. Em seguida, foi realizado uma consulta a quinze mestres de banda estudantil atuante na cidade de Teresina, Piauí, com mote de perceber quais dimensões em que à trompa é assimilada nesse contexto de banda de música e do dobrado, inferindo-se que o uso da trompa no dobrado configura-se como instrumento de centro sem variação de funções, mas que há uma clara manifestação de novas perspectivas de performance no gênero dobrado, em razão das necessidades de inserção de desafios aos trompista ao estímulo aos estudos do instrumento e a permanência na banda. A metodologia da proposta de uso da trompa além da função de centro parte da identificação das quatro funções de canto, contracanto, centro e baixo, e a sua relação na instrumentação em relação a trompa, na identificação de melodias que corresponda aos aspectos idiomáticos correlacionados aos princípios sonoras dos demais instrumentos da banda de música. A proposta apoia-se em autores como Sotelo (2008) no uso de sua tabela de parâmetros técnicos para identificação das limitações da escrita, técnica e conselhos gerais do processo de performance e Campos (2015) na adaptação de uma ficha técnica, como recurso e sugestões de uso da trompa no dobrado, como uma estrutura de orientação dos aspectos da perspectiva histórica, considerações técnicas e as possibilidades de escrita para a performance da trompa. Ao fim, é proposto partes extras de trompa dos dobrados Batista de Melo, Avante Camarada, Dois Corações e Barão do Rio Branco adaptadas para o uso com os arranjos originais como uma possibilidade de escrita e performance da trompa na banda de música.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - CELSO JOSÉ RODRIGUES BENEDITO - UFBA
Presidente - 1627429 - RADEGUNDIS ARANHA TAVARES FEITOSA
Externo à Instituição - RINALDO DE MELO FONSECA - UFPE
Notícia cadastrada em: 23/05/2022 08:47
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao