PPGMUS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA ESCOLA DE MÚSICA Telefone/Ramal: (84) 99474-6734 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgmus

Banca de DEFESA: ITALO SOARES DA SILVA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ITALO SOARES DA SILVA
DATA : 20/12/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 22
TÍTULO:

EDUCAÇÃO MUSICAL INCLUSIVA: ESTUDOS MULTICASOS SOBRE A PRÁXIS DOCENTE EM MÚSICA NO CONTEXTO ESCOLAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE


PALAVRAS-CHAVES:

Educação Musical. Inclusão. Diversidade. Educação Básica. Formação de professores (as).


PÁGINAS: 144
RESUMO:

"O presente trabalho foi realizado com apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Brasil (CAPES) - Código de Financiamento 001", cujo objetivo foi compreender a forma como professores (a) de música, em diferentes etapas da Educação Básica, lidam com a inclusão de alunos (as) com deficiência no estado do Rio Grande do Norte. A investigação que embasou a dissertação objetivou especificamente: I- Identificar as bases que orientam o planejamento dos (a) professores(a) de música da Educação Básica no que concerne à inclusão de alunos (as) com deficiência; II- Conhecer os princípios que norteiam as ações desses docentes em relação à inclusão de alunos (as) com deficiência; III- Identificar os desafios e estratégias dos (a) professores (a) para lidar com a inclusão na Educação Básica; e IV- Trazer reflexões sobre a avaliação dos (a) professores (a) no que diz respeito à própria atuação docente. Para discutir a forma como os (a) professores (a) lidam com a inclusão de alunos (as) com deficiência na Educação Básica utilizei os estudos de casos ou estudo de casos múltiplos, bem como a abordagem qualitativa (TRIVIÑOS, 1987, BOGDAN; BIKLEN, 1994; BRESLER, 2007) a partir de dados coletados por meio de técnicas e instrumentos, sendo esses a observação participante, o diário de campo e entrevistas semiestruturadas. Além disso, realizei o registro de áudio por meio de gravações das entrevistas, transcrições das gravações, a pesquisa documental, bem como uma revisão de literatura que versa sobre a temática de música e inclusão no contexto escolar. Dessa forma, as discussões presentes nesse estudo dialogam com o referencial teórico baseado principalmente nas ideias de Freire (1967; 2005; 2007; 2009); Schön (2000); Pimenta (2010), juntamente com autores (as) que tratam sobre diferentes perspectivas as temáticas de formação de professores (as), educação musical, Educação Básica, Inclusão, Diversidade, Educação Inclusiva e Educação Especial. Com isso, ao direcionar o olhar para a práxis docente, foi possível compreender por meio da música, diversas outras formas de inclusão. Assim, constatei que a inclusão vai além do ato de incluir. Mas também é respeitar. Aceitar. Humanizar e humanizar-se. Sensibilidade. Afetividade. Inteligência. Reflexão. União. Superação. Cooperação. Participação. Doar-se. É Bem estar social. É compartilhar. É aprender junto. É preparar-se. É transformação. É capacidade de mudança. É um ato amoroso.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - CRISTIANE MARIA GALDINO DE ALMEIDA - UFPE
Externa ao Programa - 1545096 - DEBORA REGINA DE PAULA NUNES
Presidente - 1648016 - JEAN JOUBERT FREITAS MENDES
Notícia cadastrada em: 10/12/2019 16:56
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa24-producao.info.ufrn.br.sigaa24-producao