PPGMUS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA ESCOLA DE MÚSICA Telefone/Ramal: (84) 99474-6734 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgmus

Banca de DEFESA: VIRGINIA CAVALCANTI SANTOS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VIRGINIA CAVALCANTI SANTOS
DATA: 16/12/2015
HORA: 18:00
LOCAL: Sala 22 Escola de Música da UFRN
TÍTULO:

Uma descrição sonora contemporânea do imagético tradicional Armorial como subsídio para abordagens interpretativas do ciclo de canções “Visagem” de Nelson Almeida


PALAVRAS-CHAVES:

música de câmara, música brasileira, música textural, paisagem sonora, armorial, imagético, fonética, técnicas estendidas, performance.


PÁGINAS: 180
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Artes
SUBÁREA: Música
ESPECIALIDADE: Canto
RESUMO:

Esta dissertação sugere ambientes sonoros a partir da proposta de imagens configuradas segundo a descrição do texto “A Visagem da Moça Caetana” de Ariano Suassuna, a fim de gerar possibilidades sonoras individuais que auxiliem os instrumentistas na interpretação da peça. O ciclo composto em 1996 – para canto, viola, violoncelo e clarone/clarineta – é constituído por três canções sem título. Seu texto foi extraído do “Folheto XLIV”, do Romance d’A Pedra do Reino e o príncipe do sangue do vai-e-volta, e descreve uma sentença de morte ilustrada por símbolos do imaginário Armorial, usando neologismos e fonética peculiar do Sertão nordestino. Além da análise das dificuldades técnicas de execução, este trabalho informa os intérpretes quanto a timbres e texturas sonoras utilizadas por Nelson Almeida para retratar o tradicional através da linguagem musical contemporânea. As metáforas e as transgressões do racional no texto de Suassuna foram exploradas para esboçar três composições de imagens que conduzam os intérpretes à descrição sonora dos objetos inanimados e dos afetos a que se refere a poesia, extrapolando as indicações técnico-interpretativas limitadas pela notação musical. A pesquisa se valeu da própria partitura, da literatura existente sobre o tema, de discussões com os instrumentistas que já executaram a obra, de entrevistas com o compositor e de depoimentos de outros compositores inseridos nesse contexto. Para ilustrar a teoria, as três imagens gravadas em xilogravura são disponibilizadas como na literatura de cordel.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 277370 - ANDRE LUIZ MUNIZ OLIVEIRA
Externo à Instituição - NELSON CAVALCANTI DE ALMEIDA - UFPE
Presidente - 1149504 - RUCKER BEZERRA DE QUEIROZ
Notícia cadastrada em: 20/11/2015 16:24
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa03-producao.info.ufrn.br.sigaa03-producao