PPGMUS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MÚSICA ESCOLA DE MÚSICA Telefone/Ramal: (84) 99474-6734 https://posgraduacao.ufrn.br/ppgmus

Banca de DEFESA: KLEBER DESSOLES MARQUES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: KLEBER DESSOLES MARQUES
DATA: 27/02/2015
HORA: 10:00
LOCAL: Sala 22 Escola de Música da UFRN
TÍTULO:

 

TÉCNICAS ESTENDIDAS PARA SAXOFONE EM OBRAS COMPOSTAS POR MEIO DE COLABORAÇÃO COMPOSITOR -INTÉRPRETE


PALAVRAS-CHAVES:

Saxofone; técnicas estendidas, colaboração compositor-interprete


PÁGINAS: 61
GRANDE ÁREA: Lingüística, Letras e Artes
ÁREA: Artes
SUBÁREA: Música
ESPECIALIDADE: Instrumentação Musical
RESUMO:

Esta dissertação aborda o uso de técnicas estendidas para saxofone na obra Minus, para saxofone soprano em Bb solo, composta por meio de colaboração compositor-intérprete, entre Agamenon de Morais e o saxofonista Kleber Dessoles. O texto está organizado da seguinte maneira: a primeira parte traz um apanhado histórico do repertório de música de concerto para saxofone, desde o início do século XX, passando pelo uso de técnicas estendidas para o instrumento e pelos principais personagens e fatos históricos desse período de tempo, dados esses obtidos a partir de pesquisa bibliográfica e documental; a segunda parte trata da colaboração compositorintérprete, desde os casos documentados nos séculos XVIII e XIX até chegarmos aos dias de hoje, explorando de que maneiras as colaborações podem acontecer e as suas motivações, por meio de pesquisa bibliográfica; a terceira e última parte versa sobre a obra em si, seguida de um relato pormenorizado da colaboração entre o compositor e o intérprete, bem como explicações minuciosas das técnicas estendidas que constam na obra (multifônicos e flatterzunge), por meio de pesquisa bibliográfica, documental e relatos dos encontros entre compositor e intérprete. Ao final do processo de colaboração, pode-se dizer que o resultado final da obra foi derivado da soma dos conhecimentos do compositor e do intérprete, combinados, quase como se a composição tivesse uma dupla autoria. O documento resultante do relato do processo pode auxiliar compositores e intérpretes a comporem para saxofone, bem como a nortear futuras experiências de colaboração.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1808640 - DURVAL DA NOBREGA CESETTI
Interno - 1518400 - FABIO SOREN PRESGRAVE
Externo à Instituição - ROBERTO PINTO VICTORIO - UFMT
Notícia cadastrada em: 10/02/2015 12:10
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa07-producao.info.ufrn.br.sigaa07-producao