Banca de QUALIFICAÇÃO: DANIEL PAULO DE ANDRADE SILVA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DANIEL PAULO DE ANDRADE SILVA
DATA: 07/08/2013
HORA: 18:05
LOCAL: Mini auditório do PPGAU/UFRN
TÍTULO:

Título: A segurança contra incêndio em uma abordagem para edificações históricas: Proposta de reuso para o antigo Grupo Escolar Augusto Severo


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chave: Segurança contra incêndio, Patrimônio histórico edificado, Reuso, Grupo Escolar Augusto Severo. 

 


PÁGINAS: 62
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Arquitetura e Urbanismo
RESUMO:

Resumo: O seguinte trabalho apresenta como tema a segurança contra incêndio aplicada a uma edificação de interesse histórico, sendo proposto o projeto arquitetônico de reuso do antigo Grupo Escolar Augusto Severo como pano de fundo para esta discussão. A proposta arquitetônica contempla a instalação do Centro de Extensão, Cidadania e Cultura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte na referida edificação, e partiu de uma demanda real da instituição que atualmente desenvolve o mesmo projeto em seu âmbito técnico-administrativo. No desenvolvimento do trabalho será aplicado duas formas de análise de risco de incêndio, sendo primeiro considerada a legislação local vigente em relação as normas de proteção e combate contra incêndio e pânico, e em seguida feita a análise baseada na metodologia desenvolvida pelo professor da Universidade Federal de Ouro Preto, Antônio Maria Claret Gouveia, a qual é adotada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) através dos Cadernos Técnicos do Programa Monumenta. As duas metodologias de análise de risco se diferem por se tratar a primeira de um modelo tradicional (prescritivo) e a segunda de um modelo não prescritivo baseado no desempenho da edificação, portanto, o trabalho procura abranger tanto as questões legais, como também considerando o real risco que a edificação apresenta, o que no caso de prédios históricos podem ser maiores que os normalmente associado as edificações recentes, devido a uma série de fatores como a baixa compartimentação, falta de proteção passiva, uso de materiais com maior poder de combustão e adaptações diversas decorrente dos usos que a edificação apresentou ao longo de seu tempo. Após esta análise de risco será desenvolvido tanto o anteprojeto arquitetônico como o projeto de combate contra incêndio e discutido as interferências e demandas geradas pela questão da segurança contra incêndio e pânico na edificação de interesse patrimonial.

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1694892 - EDNA MOURA PINTO
Interno - 1345114 - JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
Interno - 1672030 - NATALIA MIRANDA VIEIRA DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 31/07/2013 13:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao