Banca de DEFESA: CAMILA BASSANI DE SANTANA TORRES

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAMILA BASSANI DE SANTANA TORRES
DATA : 30/11/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Remota por vídeo-conferência
TÍTULO:

COMPLEXO PENITENCIÁRIO DR. MÁRIO NEGÓCIO: Proposta arquitetônica de expansão com foco na ressocialização de pessoas presas.


PALAVRAS-CHAVES:

Sistema prisional; Ressocialização; Humanização; Projeto Arquitetônico.


PÁGINAS: 153
RESUMO:

O sistema penitenciário do Brasil sofre com o sucateamento das unidades prisionais assim como alto índice de superlotação. Atualmente a população carcerária chega a ultrapassar um déficit de 350 mil vagas em todo o país. Diante da atual conjuntura, a falta de infraestrutura no nosso sistema prisional tem tornado cada vez mais distante a possibilidade de ressocialização das pessoas presas em todo o país. O estado do Rio Grande do Norte vem passando por um trabalho de reestruturação das unidades prisionais após as rebeliões que ocorreram no ano de 2017 que ocasionaram diversas fugas e mortes em diversas unidades prisionais no estado. Dentro deste contexto e visando buscar possíveis soluções, o presente trabalho tem como objetivo propor um anteprojeto de expansão para o Complexo Penitenciário Dr. Mário Negócio, localizado no município de Mossoró/RN, com ênfase na ressocialização de pessoas presas. Para tanto, como metodologia, foram necessários estudos e pesquisas bibliográficas, assim como a busca por projetos referências no tocante a ressocialização de pessoas em todo o mundo. Com base na teoria da ressocialização humanística estudada para a construção deste trabalho, das normativas e leis vigentes para a elaboração desta categoria de projetos, e buscando apoiar-se nos conceitos e aspectos abordados na arquitetura sensorial, foi desenvolvido todo o processo de projetação da proposta. A expansão do Complexo Penitenciário Dr. Mário Negócio foi fundamentada nas possibilidades de promover espaços que permitam a ressocialização dos presos em regime fechado. A oferta de atividades voltadas para o trabalho, a educação, a prática esportiva e religiosa, bem como o acesso à saúde e ao, em espaços prisionais, buscam melhorar as condições de quem cumpre pena, de modo a tentar recuperá-lo e devolvê-lo a sociedade em condições de ressocialização. Como resultado, têm-se uma proposta de espaços vigiados e seguros, mas que oferecem condições menos hostis e mais confortáveis aos seus ocupantes, sobretudo em termos térmicos, integrando-os ao paisagismo proposto.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2140673 - GLAUCE LILIAN ALVES DE ALBUQUERQUE
Interna - 1149643 - GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
Interno - 7350306 - PAULO JOSE LISBOA NOBRE
Externo à Instituição - DANIEL PAULO DE ANDRADE SILVA - UFPB
Notícia cadastrada em: 03/11/2021 18:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa23-producao.info.ufrn.br.sigaa23-producao