Banca de QUALIFICAÇÃO: ANA BEATRIZ DE ARAUJO DUARTE

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : ANA BEATRIZ DE ARAUJO DUARTE
DATA : 28/11/2020
HORA: 09:00
LOCAL: Sala virtual
TÍTULO:

MUSEU DA IMAGEM: PROPOSTA ARQUITETÔNICA DE UM MUSEU SENSORIAL


PALAVRAS-CHAVES:

Projeto Arquitetônico. Museu. Sensorial. Fotografia.


PÁGINAS: 111
RESUMO:

O objetivo então desse trabalho é desenvolver o projeto arquitetônico de um museu que estimule o uso dos sentidos a partir da experiência do usuário no ambiente construído, voltado para exposições fotográficas. Segundo Pallasmaa (2011), há um desequilíbrio na compreensão e utilização dos sentidos, no qual o exagero atual na ênfase nas dimensões intelectual e conceitual da arquitetura contribui para o desaparecimento de sua essência física sensorial e corporal. Aliado a isso temos a realidade de que a vida urbana, nos últimos séculos, além de ter aumentado a distância entre os seres humanos e a natureza, produziu um crescente bombardeamento dos sentidos da população. E aos poucos, as pessoas perderam a capacidade de apreciar, compreender e diferenciar a diversidade de sensações: sons, odores, texturas e materiais (LANDRY, apud TIMENI, 2019). Paralelo a isso, o IBRAM (Instituto Brasileiro de Museus) defende que os museus integram o sistema de produçao e difusão cultural de uma determinada região, sendo importantes para a formação e educação da sociedade, contribuindo para o aumento da coesão social e da afirmação da cidadania e das identidades sociais. Nesse contexto, temos que a fotografia pode ser vista como um meio de expressão pessoal, tem o seu lugar no campo das artes visuais, tem sua função de documentação e reflexão da realidade representada, além de registrar o lado afetivo das pessoas, seus amigos, familiares, suas conquistas (KUBRUSLY, 2006). Para desenvolver o projeto foi inicialmente realizado um aprofundamento teórico-conceitual sobre o tema considerando as obras de Pallasmaa (2011 e 2018), Milanesi (2003), Gob (2019), Mortimer (2017), Kossoy (2001), entre outros, além de estudos de referências projetuais precedentes. Em seguida, foi desenvolvida a programação arquitetônica, com definição de dilemas e metas do projeto, baseado em Kowaltowsi (et al. 2017). A partir dessa base, e com o auxílio dos componentes curriculares do curso, o processo projetual está gradualmente sendo desenvolvido e mapeado, através de diversas formas de registro, desde as etapas iniciais de estudos de condicionantes, concepção e desenvolvimento do partido arquitetônico. Considerando a etapa de qualificação em que se encontra este trabalho, a proposta está em andamento e os resultados finais serão apresentados ao término deste mestrado.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 3804157 - RENATO DE MEDEIROS
Interna - 1149643 - GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
Externa à Instituição - ADRIANA CARLA DE AZEVEDO BORBA - UNIFACEX
Notícia cadastrada em: 04/11/2020 16:43
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa06-producao.info.ufrn.br.sigaa06-producao