Banca de DEFESA: MICHELE RIBEIRO FERNANDES MAIA BARROS

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : MICHELE RIBEIRO FERNANDES MAIA BARROS
DATA : 03/06/2019
HORA: 09:00
LOCAL: Miniauditório do PPGAU
TÍTULO:

INSTITUTO DOS CEGOS DA PARAÍBA ADALGISA CUNHA: PROPOSTA ARQUITETÔNICA DE REFORMA E AMPLIAÇÃO COM FOCO NA ACESSIBILIDADE E ORIENTABILIDADE


PALAVRAS-CHAVES:

Projeto Arquitetônico; Ambiente educativo para cegos; Acessibilidade espacial; Orientabilidade; Humanização do espaço.


PÁGINAS: 195
RESUMO:

Este Trabalho de Conclusão de Mestrado Profissional consiste em um anteprojeto arquitetônico para reforma e ampliação do Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha (ICPAC), destinado ao atendimento de pessoas com deficiência visual, oferecendo serviços nas áreas de saúde e ensino. Este documento final é composto pelo anteprojeto arquitetônico e respectivo relatório técnico. O foco da proposta foi a acessibilidade e orientabilidade dos espaços, reverberando em sua maior humanização, questão vivenciada de modo recorrente pela autora em sua prática profissional como servidora civil do Exército. A principal fonte de informações para a proposta projetual foi a percepção dos usuários, em especial a opinião de pessoas com deficiência visual, público-alvo da instituição. A metodologia do trabalho empírico envolveu três etapas: (i) Estudo da Questão Problema, (ii) Pré-projeto e (iii) Elaboração da Proposta Projetual. A primeira etapa incluiu pesquisa bibliográfica, levantamento arquitetônico da edificação por meio de medições, fotografias e walkthrought, e contato com os usuários - que se inspirou na Avaliação PósOcupação e envolveu realização de Poema dos Desejos com cinquenta (50) usuários, de entrevistas semiestruturadas com dez (10) pessoas-chave que vivenciavam o cotidiano do local e de passeio acompanhado com cinco (05) participantes (sendo 01 pessoa cega conhecedora do espaço; 04 pessoas que o desconheciam: cega, com visão reduzida, em cadeira de rodas e com mobilidade reduzida). Na etapa de Pré-projeto foram definidos o conceito e a programação arquitetônica, e realizadas análises de precedentes. O desenvolvimento da proposta arquitetônica recorreu aos métodos de satisfação de restrições e tipológico. O resultado, que atende aos objetivos fixados e incorpora as principais lições aprendidas durante o curso, corresponde a um conjunto totalizando 5.000 m2 de área construída que, além de acomodar estrutura institucional hoje existente, incorpora um parque esportivo para treinamento de atletas paraolímpicos.


MEMBROS DA BANCA:
Externa à Instituição - ANGELINA DIAS LEAO COSTA - UFPB
Interna - 2140673 - GLAUCE LILIAN ALVES DE ALBUQUERQUE
Presidente - 1149643 - GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
Notícia cadastrada em: 17/05/2019 12:16
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa22-producao.info.ufrn.br.sigaa22-producao