Banca de QUALIFICAÇÃO: RAFAEL MORAIS DA ROCHA FORMIGA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : RAFAEL MORAIS DA ROCHA FORMIGA
DATA : 27/09/2017
HORA: 09:00
LOCAL: Miniauditório do PPGAU/UFRN
TÍTULO:

Central de Teleatendimento com enfoque na ambiência, ergonomia e conforto dos trabalhadores


PALAVRAS-CHAVES:

Projeto de Arquitetura, Teleatendimento, Ambiência, Conforto, Ergonomia, Legislação.


PÁGINAS: 175
RESUMO:

A seguinte dissertação, que se enquadra no tema da arquitetura corporativa, tem como objetivo final o desenvolvimento de um projeto de arquitetura para Central de Teleatendimento com enfoque na ambiência, no conforto e na ergonomia dos seus trabalhadores. A partir da problemática que explicita a nocividade do ambiente de trabalho dessa atividade, buscam-se conceitos e novas formas de criação de espaços voltados para o bem-estar e para a produtividade. Corroborada por pesquisas e bibliografias na área, detalha-se o conceito de ambiência e seus itens compositivos a serem aplicados na proposta arquitetônica. Em seguida, faz-se uma reflexão a respeito do conforto ambiental e da ergonomia nos ambientes de escritório, apresentando suas características principais e seu impacto na produtividade. Finalizando o conteúdo de referencial teórico, analisa-se de forma crítica a legislação brasileira referente à regulamentação da ergonomia, a Norma Regulamentadora 17 e seus anexos, concluindo que esta apresenta alguns pontos positivos, mas também sérias falhas que merecem revisão. Dando continuidade, apresentam-se estudos de referência de projetos arquitetônicos e de interiores que contribuíram para o desenvolvimento da proposta final. Por fim, detalha-se todo o processo de desenvolvimento do projeto arquitetônico, partindo da análise do terreno de implantação sob o ponto de vista do conforto e da legislação urbana, seguindo para a criação do conceito, partido arquitetônico, programação, estudos volumétricos, definição dos sistemas construtivos e estudos preliminares, até a apresentação da proposta final, que agregou os conceitos de ambiência, conforto e ergonomia tanto no projeto arquitetônico do edifício quando no projeto de interiores do pavilhão de teleatendimento. Ao fim, conclui-se que, além dos esforços em nível de arquitetura na concepção de espaços adequados ao trabalho centrados nos usuários, é preciso também uma mudança na legislação e na cultura dos meios de produção da atividade de teleatendimento, levando em consideração exemplos de empresas que promovem o bem-estar da sua equipe e atingem melhores resultados em desempenho e produtividade pelo mundo.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 3549781 - BIANCA CARLA DANTAS DE ARAUJO
Presidente - 2140673 - GLAUCE LILIAN ALVES DE ALBUQUERQUE
Externo ao Programa - 3566112 - ISAIAS DA SILVA RIBEIRO
Externo à Instituição - RENATO DE MEDEIROS - UNIFACEX
Notícia cadastrada em: 13/09/2017 10:00
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa20-producao.info.ufrn.br.sigaa20-producao