Banca de DEFESA: JUAREZ DE QUADROS BARBOSA JÚNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : JUAREZ DE QUADROS BARBOSA JÚNIOR
DATA : 24/07/2017
HORA: 14:30
LOCAL: Miniauditório do PPGAU/UFRN
TÍTULO:

PROJETO DE UMA RESIDÊNCIA UNIFAMILIAR SUSTENTÁVEL EM CONDOMÍNIO DE ALTO PADRÃO EM PARNAMIRIM/RN


PALAVRAS-CHAVES:

sustentabilidade; modulação; arquitetura bioclimática.


PÁGINAS: 141
RESUMO:

 

A sustentabilidade tem ganhado força e impulsionado diversos estudos nas mais variadas áreas, seja na arquitetura, meio ambiente, educação, economia, ou administração pública. O trabalho aborda questões relacionadas ao desenvolvimento e o conhecimento das questões relacionadas à sustentabilidade em residências unifamiliares, especificamente ao uso de recursos naturais renováveis, preocupações de conforto ambiental e eficiência energética no processo projetual e redução de desperdício de materiais durante a construção da edificação. O presente trabalho tem como objetivo elaborar um projeto de uma residência unifamiliar sustentável em condomínio de alto padrão, em climas quentes e úmidos, com a máxima eficiência dos recursos renováveis, com a captação de energia solar e de águas pluviais, além do uso de uma modulação e de esquadrias que permitam a permeabilidade dos ventos e da radiação solar direta com controle do usuário durante os períodos de verão e inverno. Durante os estudos realizados, foi utilizado o conceito de colmeia, através de seus aspectos modulação, racionalização, e apropriação do espaço, adaptando-se a uma das estruturas que demonstra maior equilíbrio na natureza, pois é sustentável sem que haja conflitos entre os espaços, interagindo com o entorno. Os condicionantes principais para a proposta foram o zoneamento bioclimático, as prescrições urbanísticas para a região objeto de estudo, a utilização de uma modulação padronizada, estudos volumétricos e situacionais para atender o programa de necessidades e a racionalização dos processos construtivos escolhidos, evidenciando soluções que aperfeiçoassem a alocação de recursos naturais – uso racional de água e o reaproveitamento das águas da chuva e de energias renováveis, em consenso com o custo viável de execução. O projeto da residência unifamiliar proposto com 507,60m² resultou em menor impacto ambiental através do, além de um impacto positivo na diminuição dos custos de operação e manutenção, tornando sua construção e operação mais viável do que uma residência convencional.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 350503 - FERNANDO JOSE DE MEDEIROS COSTA
Externo à Instituição - LEONARDO JORGE BRASIL DE FREITAS CUNHA - UFERSA
Interno - 1298938 - MAISA FERNANDES DUTRA VELOSO
Presidente - 347627 - VIRGINIA MARIA DANTAS DE ARAUJO
Notícia cadastrada em: 30/06/2017 17:19
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa12-producao.info.ufrn.br.sigaa12-producao