Banca de QUALIFICAÇÃO: CAROLINE CHAVES DE OLIVEIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAROLINE CHAVES DE OLIVEIRA
DATA : 31/08/2016
HORA: 14:00
LOCAL: Miniauditório do PPGAU/UFRN
TÍTULO:

PROPOSTA ARQUITETÔNICA DE MORADIA ASSISTIDA PARA IDOSOS COM DIRETRIZES DO SELO CASA AZUL CAIXA


PALAVRAS-CHAVES:

Projeto de arquitetura; Acessibilidade; sustentabilidade; idosos.


PÁGINAS: 104
RESUMO:

Esta dissertação relata o percurso teórico, metodológico e programático para a proposta arquitetônica de uma moradia assistida para idosos com diretrizes do Selo Casa Azul Caixa, localizada no bairro Centro do município do Eusebio, região metropolitana de Fortaleza, capital do Estado do Ceará. O público-alvo do empreendimento são idosos que chegam à terceira idade com saúde, lucidez e autonomia para realizar as atividades rotineiras do dia-a-dia. A presente pesquisa procura responder às seguintes questões problemas: Como otimizar a acessibilidade espacial em condomínios residenciais para idosos tendo como diretrizes o Selo Casa Azul Caixa? Quais as contribuições do Selo Casa Azul Caixa para a qualidade ambiental de projetos arquitetônicos de moradias para idosos? Os procedimentos metodológicos foram concentrados em quatro fases: 1ª: Pesquisa bibliográfica em normas técnicas e legislação pertinente ao assunto; 2ª: Realização dos estudos de referências projetuais, com o objetivo de dar contribuição e embasamento para a proposta arquitetônica; 3ª: Elaboração da programação arquitetônica e grupo focal com vista ao reconhecimento das necessidades espaciais dos idosos; 4ª: Aplicação da bagagem teórica na elaboração do estudo preliminar do projeto arquitetônico. O estudo de precedentes arquitetônicos destaca características de projetos e edificações com potencial de contribuição para o desenvolvimento da proposta arquitetônica desta pesquisa. Os grupos focais são uma ferramenta de pesquisa qualitativa (entrevista coletiva) que busca conhecer os usuários e saber quais seus hábitos e preferências. Foram também realizados estudos de conforto (insolação e ventilação) aplicados ao projeto. A proposta arquitetônica contempla uma área privativa, relativa ao condomínio, e uma área pública, aberta à comunidade, com uma pequena praça, equipamentos de lazer e lojas de comércio de bairro. A proposta aqui apresentada é apenas o início de uma trajetória que busca uma solução que alie acessibilidade e sustentabilidade. Tornam-se necessários novos estudos, simulações e pesquisas para o desenvolvimento do projeto final.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1694892 - EDNA MOURA PINTO
Interno - 350255 - EDJA BEZERRA FARIA TRIGUEIRO
Interno - 1149643 - GLEICE VIRGINIA MEDEIROS DE AZAMBUJA ELALI
Externo à Instituição - MARIA AGUEDA PONTES CAMINHA MUNIZ - FA7

Notícia cadastrada em: 24/08/2016 14:28
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa13-producao.info.ufrn.br.sigaa13-producao