Banca de DEFESA: FRANCISCO DA ROCHA BEZERRA JUNIOR

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : FRANCISCO DA ROCHA BEZERRA JUNIOR
DATA : 02/08/2016
HORA: 10:00
LOCAL: Miniauditório do PPGAU/UFRN
TÍTULO:

HABITAÇÃO SOCIAL EVOLUTIVA: Estratégias de flexibilidade para elaboração de projetos de habitação de interesse social. Uma proposta para Mãe Luiza/Natal-RN

 


PALAVRAS-CHAVES:

Habitação Social, Flexibilidade, Residência Mulfamiliar, Arquitetura moderna e contemporânea; Arranjos familiares contemporâneos


PÁGINAS: 222
RESUMO:

Nos últimos anos, a política habitacional no país tem se caracterizado por um modelo de intervenção marcado pela questionável qualidade arquitetônica e urbanística da habitação social, sobremaneira, voltada às populações da baixa renda. Desde o lançamento do Programa Minha Casa Minha Vida - PMCMV, em 2009, as principais críticas a esse modelo de Programa Habitacional, recaem, sobretudo, no que se refere às soluções apresentadas nos projetos desenvolvidos para habitação de interesse social, uma vez que não refletem as necessidades dos diversos perfis de usuários, tão pouco consideram as transformações na estrutura familiar ocorridas ao longo do tempo. Como desenvolver projetos para habitação de interesse social que atendam às necessidades programáticas e a dinâmica dos diferentes tipos de usuários? Nesse sentido, o presente trabalho se insere no tema da Arquitetura da Habitação de Interesse Social, tendo como objetivo geral a elaboração de um projeto de habitação de interesse social, utilizando estratégias de flexibilidade, apresentando como universo de estudo o bairro de Mãe Luiza, localizado no município de Natal/RN. Para tanto, foi realizada uma pesquisa bibliográfica abordando o conceito de flexibilidade aplicado ao projeto da habitação social, como forma de construir um referencial teórico sobre o assunto; elaboração de estudos de referência de projetos de habitação que utilizam estratégias e técnicas construtivas aplicadas à flexibilidade programática e funcional do edifício; identificação do perfil e demandas dos usuários atendidos pelo PMCMV, através do banco de dados da SEHARPE; análise dos condicionantes projetuais necessários à elaboração da proposta arquitetônica; e o desenvolvimento de diferentes tipologias habitacionais e tipos de estratégias de flexibilidade relacionadas com espaços coletivos e de sociabilidade


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - HUGO JOSÉ ABRANCHES FARIAS - FAUTL
Interno - 1345114 - JOSE CLEWTON DO NASCIMENTO
Presidente - 350497 - MARCELO BEZERRA DE MELO TINOCO
Externo ao Programa - 7350306 - PAULO JOSE LISBOA NOBRE
Notícia cadastrada em: 02/08/2016 09:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao