Banca de QUALIFICAÇÃO: LEILA HELOISE DA SILVA JERONIMO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : LEILA HELOISE DA SILVA JERONIMO
DATA : 22/09/2021
HORA: 09:00
LOCAL: Videoconferência - Plataforma Google Meet
TÍTULO:

A (RE)PRODUÇÃO DE IDENTIDADES SEXUAIS NO STREAMING: uma análise bakhtiniana do inacabamento identitário de personagens ficcionais na série Sex Education

 

PALAVRAS-CHAVES:

Linguagem. Construção identitária. Sexualidade. StreamingSex Education.

 

PÁGINAS: 84
RESUMO:

Partindo-se do princípio de que vida e arte sempre andam lado a lado, busca-se, por meio da captura e da reprodução de fragmentos característicos da vida social, refletir e refratar, em produções artísticas, aspectos característicos do sujeito sócio-histórico de modo a criar inteligibilidade entre esses dois mundos que se completam. Consequentemente, nessa tentativa, aspectos referentes às identidades dos sujeitos são trazidos à tona, afinal, o acabamento estético dado aos personagens denuncia, discursivamente, o tempo e o espaço em que tais produções se encontram inseridas e as ideologias dos grupos ali representados. Nesse contexto, objetiva-se, neste trabalho, a partir dos postulados teórico-metodológicos do Círculo de Bakhtin (1993; 2011; 2015; 2018; 2019) e do viés transgressor da Linguística Aplicada, compreender como ocorre o processo de construção da identidade sexual de personagens ficcionais na série Sex Education veiculada no cronotopo do streaming. Consideramos mais especificamente a jornada de Eric Effiong, adolescente negro, afeminado, filho de pais protestantes, que passa por diversas transformações identitárias ao longo da primeira temporada da produção. Com isso, a partir de um estudo qualitativo-interpretativista, analisamos, verbivocovisualmente (PAULA, 2017), os enunciados concretos retirados das cenas selecionadas como corpus de análise para que possamos entender como a manifestação da identidade homossexual sofre interferências das forças verbo-ideológicas e como esses corpos descontínuos são materializados como grotescos. Os resultados preliminares indicam que a identidade sexual de Eric, por refletir aspectos contemporâneos da comunidade LBTQIA+, é continuamente transformada pelo meio social que age sobre seu corpo de maneiras diversas ao longo da primeira temporada da série. Além disso, na série, seu corpo recebe acabamentos grotescos que exprimem visões sociais acerca de sua orientação sexual. 

 

 

 

MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1168633 - MARILIA VARELLA BEZERRA DE FARIA
Interna - 1149420 - MARIA DA PENHA CASADO ALVES
Externa à Instituição - LUCIANE DE PAULA - UNESP
Notícia cadastrada em: 09/09/2021 17:53
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa10-producao.info.ufrn.br.sigaa10-producao