Banca de QUALIFICAÇÃO: SUELY DEYSNY DE MATOS CELINO

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : SUELY DEYSNY DE MATOS CELINO
DATA : 27/09/2022
HORA: 15:30
LOCAL: Via Google Meet
TÍTULO:

AVALIAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE NO CONTEXTO DA PANDEMIA COVID-19


PALAVRAS-CHAVES:

Atenção Primária à Saúde; Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde; Pandemias


PÁGINAS: 66
RESUMO:

A Atenção Primária à Saúde (APS) se faz essencial no enfrentamento à pandemia do COVID-19, pelas suas características de territorialização e vínculo, tendo como responsabilidades principais nesse período: vigilância em saúde nos territórios; atenção aos usuários suspeitos ou confirmados da doença; suporte social a grupos vulneráveis e; continuidade de suas ações próprias. O objetivo geral da tese foi avaliar os serviços da Atenção Primária à Saúde (APS) durante o período de Emergência em Saúde Pública, em decorrência da pandemia da COVID-19. Os resultados estão apresentados em forma de coletânea de artigos. O primeiro deles, concluído e ainda não submetido, contempla a perspectiva dos usuários sobre a qualidade da APS, sendo aferida em estudo quantitativo, por meio do instrumento PCATool-Brasil. O atributo acesso ao primeiro contato – utilização obteve o maior escore, enquanto acessibilidade obteve o escore menor. Tanto o escore essencial quanto o geral obteve média inferior ao ponto de corte. Houve influência positiva no escore por: usuários com baixa escolaridade e unidades de saúde com mais de uma equipe. Concluiu-se que os serviços avaliados possuem baixo desempenho na ótica dos usuários adultos. O segundo, em processo de avaliação de periódico, foi desenvolvido por meio de análise qualitativa, com o objetivo de compreender o processo de trabalho das equipes de APS durante a pandemia e o seu papel no enfrentamento da COVID-19. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas submetidas à análise de conteúdo, e posteriormente, à Classificação Hierárquica Descendente do software IRAMUTEQ, que levaram a duas categorias temáticas: Desafios no processo de trabalho das equipes e; O papel da APS no enfrentamento da pandemia e a organização da rede de atenção. A escassez de equipamentos de proteção individual, com limitação de profissionais ativos e a falta de estrutura física das unidades de saúde foram aspectos considerados limitantes do processo de trabalho, além da suspensão dos cuidados continuados. A APS é entendida como porta de entrada dos serviços e principal contato dos usuários com a rede assistencial, embora tenha sido claramente subutilizada no cenário estudado. Há ainda duas propostas de artigos científicos. A primeira delas relacionada à avaliação da APS feita pelos profissionais médicos e enfermeiros. A segunda diz respeito à avaliação dos serviços de saúde bucal na pandemia, na perspectiva tanto dos usuários quanto dos profissionais dentistas.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2262871 - ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONCA
Interna - ***.382.224-** - CLÁUDIA HELENA SOARES DE MORAIS FREITAS - UFPB
Externa à Instituição - ARDIGLEUSA ALVES COELHO - UEPB
Notícia cadastrada em: 13/09/2022 16:25
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao