Banca de QUALIFICAÇÃO: NATHÁLIA PRISCILLA MEDEIROS COSTA DINIZ

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : NATHÁLIA PRISCILLA MEDEIROS COSTA DINIZ
DATA : 20/09/2022
HORA: 14:00
LOCAL: meet
TÍTULO:

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS USUÁRIOS DAS PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES EM SAÚDE NA REDE DE ATENÇÃO PRIMÁRIA DO MUNICÍPIO DO NATAL/RN


PALAVRAS-CHAVES:

Terapias Complementares; Políticas Públicas; Atenção Primária a Saúde; Promoção da Saúde; Saúde Coletiva.

 


PÁGINAS: 53
RESUMO:

Introdução: Na história brasileira, as Políticas Públicas foram galgadas por meio dos movimentos sociais sob diversas formas de lutas e enfrentamentos políticos. No âmbito da saúde, os protagonistas da Reforma Sanitária ansiavam por um modelo de atenção à saúde que atendesse às necessidades, democratizasse a saúde como um direito universal e considerasse o principio da integralidade no cuidado. Assim foi instituido o Sistema Unico de Saúde (SUS) e neste contexto publicada a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) como uma das muitas conquistas dos usuários e profissionais de saúde. A inserção das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) foi marcada por interesses, como resgate do conhecimento e identidade de grupos populares, alguns historicamente marginalizados e por interesse do Estado em uma nova cultura de cuidado pautado pela promoção da saúde. A PNPIC foi implantada em 2006, pela Portaria nº 971 de 03 de maio, inicialmente com cinco PICS. No ano de 2017 e 2018 as PICS oferecidas pelos SUS foram ampliadas através das portarias nº 849 de 27 de março e nº 702 de 21 de março, respectivamente, totalizando, atualmente, 29 PICS no elenco de procedimentos. Objetivo: Diante desse contexto, o presente estudo objetiva traçar um perfil dos usuários das PICS desenvolvidas no contexto do SUS do município do Natal, Rio Grande do Norte. Método: Trata-se de um estudo de abordagem quantitativa, do tipo exploratório-descritivo, sendo uma pesquisa de campo com delineamento de levantamento na Rede de Atenção Primária à Saúde do município do Natal limitando-se a Unidade Básica de Saúde, Estratégia Saúde da Família e Unidade Mista. Resultados: Foram analisados 522 prontuários, dos quais 22% possui 60 anos ou mais; 82.2% é do sexo feminino; 54% é da raça/cor parda; 63% não consta a informação de escolaridade; 19.2% com antecedente em saúde de hipertensão e 9.8% de diabetes; 64.4% com avaliação clínica de dor corporal, sendo 62% tratados com a prática integrativa da auriculoterapia; 53.4% receberam pelo menos um atendimento e 39.3% dos atendimentos foram realizados no distrito sanitário Norte I. Conclusão: O estudo reafirma a posição das PICS no cuidado à saúde no SUS, bem como evidencia o seu uso para saúde da população, contribuindo com os estudos das PICS para promoção, prevenção e proteção à saúde, bem como possibilita informações importantes no contexto da saúde integrativa desse público para o planejamento e gestão em saúde a nível municipal, estadual e nacional.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2374850 - THAIZA TEIXEIRA XAVIER NOBRE
Interna - 2262871 - ANA ELZA OLIVEIRA DE MENDONCA
Externo à Instituição - JOÃO BOSCO FILHO
Notícia cadastrada em: 05/09/2022 07:08
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2022 - UFRN - sigaa19-producao.info.ufrn.br.sigaa19-producao