Banca de QUALIFICAÇÃO: YONARA CLAUDIA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : YONARA CLAUDIA DOS SANTOS
DATA : 17/09/2021
HORA: 16:00
LOCAL: videoconferência
TÍTULO:

Gestão de riscos climáticos: caminhos para incorporação da capacidade adaptativa
nas agendas de pequenos municípios


PALAVRAS-CHAVES:

Mudanças climáticas. Semiárido. Recursos hídricos. Gestão de riscos.
Adaptação climática.


PÁGINAS: 69
RESUMO:

O contexto de crise evidenciado pelas mudanças climáticas tem ganhado notoriedade internacionalmente, principalmente em decorrência dos impactos globais que afetam todas as formas de vida no planeta. No Brasil, a região do Semiárido é afetada pelas longas secas, e com a celeridade no processo das mudanças climáticas, a situação de escassez hídrica pode aumentar gradativamente, sendo necessárias ações pautadas na inserção de medidas adaptativas. No entanto, os municípios, de modo geral, não apresentam uma gestão voltada para a adaptação às mudanças climáticas, mesmo naqueles mais suscetíveis aos riscos e às ameaças climáticas. E isso não é diferente nos pequenos municípios inseridos no semiárido do Nordeste do Brasil, cujas áreas apresentam problemas variados de extremos climáticos. Com base nessa problemática, pretende-se analisar se os municípios da bacia hidrográfica do rio Piancó-Piranhas-Açu, incorporam a perspectiva da capacidade adaptativa às mudanças climáticas em suas gestões territoriais. Metodologicamente, a pesquisa apresenta abordagem qualitativa, utilizando-se de pesquisa bibliográfica, documental e entrevistas semiestruturadas como técnicas de coleta de dados. Preliminarmente, os resultados apontam que no Rio Grande do Norte, a Unidade de Planejamento Hidrológico Seridó apresenta um maior quantitativo de municípios com alto índice de vulnerabilidade à seca, e isso pode implicar em baixa capacidade adaptativa às mudanças climáticas. Contudo, o processo investigativo da pesquisa, em suas fases seguintes, apresentará se as questões socioambientais e climáticas estão sendo incorporadas nesses municípios, por parte das gestões públicas municipais, e se constituem entraves ou potencialidades para implantação de uma agenda de capacidade adaptativa.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - RICÉLIA MARIA MARINHO SALES
Interna - 347943 - RITA DE CASSIA DA CONCEICAO GOMES
Presidente - 2374871 - ZORAIDE SOUZA PESSOA
Notícia cadastrada em: 09/09/2021 14:48
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao