Banca de DEFESA: KAROLINE DE OLIVEIRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : KAROLINE DE OLIVEIRA
DATA : 21/08/2020
HORA: 09:00
LOCAL: meet.google.com/nvi-zgwp-wmx
TÍTULO:

COMO A FORMAÇÃO DOCENTE PODE SE RELACIONAR ÀS DESIGUALDADES NO ACESSO A OPORTUNIDADES EDUCACIONAIS: Um estudo da alocação docente no ensino médio em Natal/RN


PALAVRAS-CHAVES:

Desigualdades escolares; Formação Docente; Oportunidades educacionais.


PÁGINAS: 120
RESUMO:

Uma das motivações para as pesquisas da área das políticas públicas tem sido a tarefa de pensar de que forma os serviços públicos são distribuídos no espaço, se existem desigualdades na distribuição das oportunidades e como as políticas públicas podem atuar para diminuir a reprodução desses determinantes. Entre os fatores internos às escolas, a formação docente tem se apresentado como um ativo importante para explicar o desempenho escolar. Além disso, as pesquisas têm indicado que os professores são distribuídos de forma desigual entre as escolas, o que pode impactar nos resultados dos alunos, sobretudo nas grandes cidades (VAILLANT, 2006; ÉRNICA e BATISTA, 2011). Este trabalho tem como objetivo compreender a oferta pública de oportunidades educacionais do ponto de vista da alocação dos professores segundo a formação. Para tanto, foram definidas três categorias analíticas de formação docente: I) Formação enquanto escolaridade; II) Formação enquanto experiência e inserção profissional nas escolas e; III) Formação como relação do docente com a escola. A pesquisa foi realizada por meio da aplicação de survey em 38 escolas de ensino médio do município do Natal/RN. Ao todo, foram entrevistados 132 professores no período de 16/10/2019 a 21/11/2019. Além dos questionários, também foi utilizada técnica de pesquisa diário de campo. A unidade de análise utilizada para realização da amostra e apresentação dos resultados foi o bairro. Os bairros foram classificados como mais ou menos favorecidos, a partir de indicadores socioeconômicos e evidências apresentadas pela literatura. Essa classificação tem objetivo estritamente analítico, como modo de compreender se a alocação docente em Natal segue algum padrão de desigualdade. Os resultados apresentam uma heterogeneidade na distribuição da formação docente no município. Contudo, a pesquisa também revela que as principais diferenças na formação dos professores estão presentes nas categorias analíticas referentes à formação enquanto inserção e relação dos professores com a escola. Ou seja, são variáveis como tempo de experiência, remoção, deslocamento pela cidade e expectativa em relação aos alunos que indicam o padrão de concentração de professores com maior formação em bairros mais favorecidos da cidade.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 4881313 - ANDERSON CRISTOPHER DOS SANTOS
Interna - 1715152 - SANDRA CRISTINA GOMES
Externa à Instituição - GABRIELA MIRANDA MORICONI
Notícia cadastrada em: 07/08/2020 15:06
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa11-producao.info.ufrn.br.sigaa11-producao