Banca de QUALIFICAÇÃO: GABRIELA BAESSE IGLESIAS ALVES PEREIRA

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : GABRIELA BAESSE IGLESIAS ALVES PEREIRA
DATA : 31/10/2018
HORA: 09:00
LOCAL: sala multimeios 2 (C10)
TÍTULO:

A MOBILIDADE URBANA AOS OLHOS DOS SUJEITOS PARTICIPANTES: A GOVERNANÇA NA IMPLEMENTAÇÃO DA POLÍTICA PÚBLICA LOCAL


PALAVRAS-CHAVES:

Mobilidade urbana; Governança; Atores e agentes; Natal-RN.


PÁGINAS: 58
RESUMO:

O deslocamento de pessoas e mercadorias dentro do perímetro urbano é uma característica inerente às cidades. A Política Nacional de Mobilidade Urbana foi criada em 2012 como desdobramento do Estatuto da Cidade, com o intuito de clarificar as diretrizes necessárias para a melhoria do transporte nos centros urbanos, tendo em vista que o setor passa por uma crise permanente, onde um planejamento tardio ou inexistente exacerbou a dificuldade de realizar as viagens cotidianas, ampliando os congestionamentos  e horas gastas no trânsito. Este é um problema que impacta todos os habitantes, principalmente aqueles mais vulneráveis, que moram em áreas mais distantes e dependem do transporte público ou transporte não motorizado para deslocarem-se, consequência de um elevado e contínuo investimento em políticas públicas para o transporte motorizado individual. A política pública é construída localmente por meio da interação entre diferentes atores e agentes, a isto damos o nome de governança. No município de Natal-RN é possível identificar a presença de diversos atores envolvidos com a questão da mobilidade urbana, entretanto de que forma isto acontece? Quais são as perspectivas e objetivos que possuem na implementação da política? Partimos da hipótese de que embora os atores relacionados com a política de mobilidade urbana, reconheçam a importância e urgência da temática para as cidades, há fatores de ordem ideológica ou simbólica que impedem uma governança efetiva da política. Com o levantamento da hipótese, se coloca como objetivo geral, a análise do padrão de governança da política de mobilidade urbana do município de Natal a partir da ótica e percepção dos atores que a compõe, desdobrando-se nos seguintes objetivos específicos: realizar o mapeamento dos atores envolvidos e suas relações e articulações; identificar como os principais atores e agentes percebem a mobilidade urbana e quais são seus objetivos; e, por fim, analisar sua permeabilidade na definição da agenda local. Para isto, será realizada uma pesquisa exploratória da mobilidade urbana de Natal no período de 2015 a 2018, utilizando uma investigação documental, coletando dados por meio de entrevistas e interpretando-os com o estudo do caso. Isto será feito através da aplicação de entrevistas semiestruturadas com os principais atores e agentes e posteriormente uma análise das falas através de uma matriz de análise. Acreditamos que a partir disto poderemos identificar o modelo de governança presente no processo de construção das políticas públicas em Natal, produzindo uma análise de como se dá a organização da política de mobilidade urbana local, podendo auxiliar na organização da agenda local, colaborando para a inserção de novos atores ao processo.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2432718 - ALEXSANDRO FERREIRA CARDOSO DA SILVA
Interno - 1678705 - LINDIJANE DE SOUZA BENTO ALMEIDA
Externo ao Programa - 1246363 - RICHARDSON LEONARDI MOURA DA CAMARA
Notícia cadastrada em: 23/10/2018 13:18
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa21-producao.info.ufrn.br.sigaa21-producao