Banca de QUALIFICAÇÃO: CAROLINE SOUZA DOS SANTOS

Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE : CAROLINE SOUZA DOS SANTOS
DATA : 04/08/2017
HORA: 15:00
LOCAL: Auditório I do DPP/LABPLAN
TÍTULO:

Percepção ambiental e energia eólica: uma análise das transformações no território


PALAVRAS-CHAVES:

Energia eólica. Percepção. Crise ambiental.


PÁGINAS: 48
RESUMO:

Diante da crescente demanda energética e das situações de crise ambiental se descortinam internacionalmente alternativas que visam expandir uma produção de energia considerada limpa, diante desse contexto a energia eólica vem sendo considerada uma das alternativas com maior potencialidade de prospecção para o Brasil e, especialmente, o Rio Grande do Norte, no qual se delimita o recorte geográfico da pesquisa. Nesse sentido, a pesquisa de cunho qualitativo tem por objetivo analisar como os atores selecionados percebem a implementação dos parques eólicos em seu território e o que há de ambiental nessa percepção, na expectativa de que a complementaridade das duas questões possa fornecer um panorama de como os parques eólicos têm afetado a vida das pessoas e os possíveis conflitos que se estabeleçam a partir dessa dinâmica. Isso porque o arcabouço teórico expresso na pesquisa entende as problemáticas ambientais a partir de um prisma holístico, enquanto problemas que estão inseridos em contextos sociais, culturais, econômicos, ou seja, faz parte de uma rede de relações complexas e, por vezes, conflituosas, o que significa que, a partir deste prisma, a justificativa ambiental da energia eólica enquanto energia limpa não a isenta de sua responsabilidade socioambiental dentro do território. Para atender aos objetivos da pesquisa serão realizadas entrevistas semiestruturadas com os atores selecionados, são eles: (i) moradores que não possui terra arrendada; (ii) moradores com terra arrendada; e (iii) governantes locais dos municípios de Areia Branca, Galinhos e Guamaré, a partir da análise de conteúdo. De forma específica, a pesquisa se propõe a 1) analisar o contexto de implementação dos parques eólicos, 2) identificar e analisar a percepção ambiental nos discursos e 3) identificar as problemáticas existentes nessa dinâmica: transformações e conflitos.  A investigação e análise da percepção dos atores acerca dos empreendimentos eólicos está assentada sobre uma questão fundamental que envolve as formas de interação da sociedade com o meio ambiente, a percepção da população diz respeito à vivência e às transformações ocorridas no território, é sobre este objeto que se debruça a pesquisa.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1987942 - ANGELA LUZIA MIRANDA
Presidente - 1958900 - FABIO FONSECA FIGUEIREDO
Externo ao Programa - 712.406.644-19 - JOSÉ GOMES FERREIRA - ULISBOA
Notícia cadastrada em: 31/07/2017 10:12
SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação - | | Copyright © 2006-2023 - UFRN - sigaa08-producao.info.ufrn.br.sigaa08-producao