Banca de DEFESA: CYNTHIA GABRIELA FERNANDES DE ARAUJO

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CYNTHIA GABRIELA FERNANDES DE ARAUJO
DATA: 20/07/2012
HORA: 09:00
LOCAL: Sala 01 da Pós-graduação em Produção Animal
TÍTULO:

CARACTERÍSTICAS DA CARCAÇA E QUALIDADE DA CARNE DE OVINOS EM DIFERENTES PASTAGENS


PALAVRAS-CHAVES:

análises físicas, composição centesimal, cordeiro, gramíneas tropicais, pastejo, rendimento de carcaça.


PÁGINAS: 13
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:

Araújo, C. G. F. Características da carcaça e qualidade da carne de ovinos em diferentes pastagens. 2012. XXf. Dissertação (Mestrado em Produção Animal. Sub área;  Sistemas de Produção Sustentáveis no Semiárido) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Macaíba - RN, 2012.

 

 

RESUMO: Objetivou-se com este estudo avaliar a qualidade da carcaça e da carne de ovinos criados em pasto de Brachiaria brizantha e Panicum maximum. O experimento foi conduzido na área física do Grupo de Estudos em Forragicultura (GEFOR), situado na Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias – Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, em Macaíba, RN. Foram utilizados 32 cordeiros SPRD, obtidos de rebanhos do Estado, com peso vivo (PV) médio de 24,5kg, distribuídos aleatoriamente em quatro tratamentos constituídos por gramíneas tropicais, sendo duas cultivares de Brachiaria brizantha, Marandu e Piatã; e duas de Panicum maximum, Aruana e Massai. A área experimental tinha 2,88 ha, dividida em 4 piquetes de 0,72 ha, onde cada piquete consistia de uma cultivar e era dividido em 6 parcelas de 0,12 ha, onde os animais permaneciam sob pastejo rotacionado. O período de adaptação aos piquetes foi de sete dias. No início do experimento os animais foram pesados, identificados com brincos plásticos e colares coloridos de acordo com o tratamento, e tratados contra endoparasitas. Os cordeiros eram soltos nos piquetes às 8 horas e recolhidos às, 16 horas, onde retornavam às baias coletivas. Durante o tempo de pastejo os animais tinham livre acesso ao suplemento mineral Ovinofós® com monensina e água. Antes de entrarem nos piquetes eram colhidas amostras do pasto para caracterização da composição química. A cada sete dias ocorriam às pesagens, com jejum prévio, para o acompanhamento do desenvolvimento ponderal. As cultivares Marandu, Aruana, Piatã e Massai foram pastejadas durante 133, 129, 143 e 142 dias, respectivamente, até os cordeiros atingirem o peso de abate. Ao chegarem aos 32 kg os cordeiros foram avaliados subjetivamente quanto a condição corporal por meio escores, passaram por jejum de sólidos e dieta hídrica de 16 horas e foram abatidos. Foram feitas mensurações internas e externas nas carcaças além de avaliações subjetivas quanto à musculosidade, acabamento e quantidade de gordura pélvico-renal, depois cada uma foi dividida longitudinalmente em duas meias carcaças e foram feitos os cortes comerciais na meia carcaça esquerda, logo após pesados e calculados seus rendimentos. Entre a 12ª e a 13ª vértebras torácicas, foi realizado um corte para expor a secção transversal do músculo Longissimus dorsi, sobre o qual foi traçada a área de olho do lombo (AOL) em película transparente. A espessura de gordura da AOL e a medida GR foram determinadas utilizando-se de paquímetro. A composição tecidual foi determinada através da dissecação das pernas. Foram feitas as análises físicas (cor, perdas por cocção e força de cisalhamento) e a composição centesimal da carne (umidade, cinzas, proteína e lipídios) no músculo Longissimus dorsi. Pastagem de gramíneas tropicais de Brachiaria brizantha cvs. Marandu e Piatã e de Panicum maximum cvs. Aruana e Massai podem ser utilizadas para cordeiros SRPD na época chuvosa, pois não alteraram as características físico-químicas e composição centesimal da carne. 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2313454 - ADRIANO HENRIQUE DO NASCIMENTO RANGEL
Interno - 986835 - GELSON DOS SANTOS DIFANTE
Presidente - 1726100 - MARCONE GERALDO COSTA
Externo à Instituição - PAULO SÉRGIO DE AZEVEDO - UFPB
Notícia cadastrada em: 09/07/2012 09:48
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa14-producao.info.ufrn.br.sigaa14-producao