Banca de DEFESA: MIRELA GURGEL GUERRA

Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MIRELA GURGEL GUERRA
DATA: 07/02/2012
HORA: 09:00
LOCAL: PPGPA - EAJ
TÍTULO:

FATORES DE INFLUÊNCIA NA PRODUÇÃO DE LEITE BOVINO SOBRE OS NÍVEIS DA CONTAGEM BACTERIANA TOTAL


PALAVRAS-CHAVES:

Palavras-chave: higiene, ordenha, resfriamento, qualidade do leite


PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Zootecnia
SUBÁREA: Produção Animal
RESUMO:


Objetivou-se com este trabalho avaliar a influência dos procedimentos de ordenha sobre os níveis da Contagem Bacteriana Total (CBT) no leite bovino. No primeiro estudo foram avaliados a influência dos procedimentos de ordenha higiênica, de limpeza dos equipamentos de ordenha, e no tanque de resfriamento do leite sobre os níveis da CBT. Para tanto, foram coletadas quatro amostras de leite do tanque de oito propriedades, para análise da CBT, pela metodologia de citometria de fluxo. Em cada propriedade aplicou-se um questionário para avaliação da atual situação dos procedimentos de ordenha em cada sistema de produção participante da pesquisa, seguida da capacitação e treinamento dos colaboradores em boas práticas agropecuárias na produção de leite e uma fase de acompanhamento das medidas da CBT. Considerou-se a metodologia para análise de dados longitudinais, com enfoque nos modelos de efeitos aleatórios. Os resultados mostraram que os procedimentos adequados no manejo na ordenha e na limpeza do tanque de resfriamento contribuíram para uma maior redução nos níveis da CBT do leite cru de tanques de resfriamento. No segundo estudo, objetivou-se descrever a proporção de propriedades que atendem à Instrução Normativa nº 51 (IN 51) em relação à Contagem Bacteriana Total (CBT) em leite bovino.  O estudo foi realizado no período de janeiro de 2010 a julho de 2011. Foram coletadas amostras de leite de oito propriedades selecionadas, para análise da CBT pelo método de citometria de fluxo. Em cada propriedade aplicou-se um questionário para avaliação da atual situação dos procedimentos de ordenha em cada sistema de produção participante da pesquisa, seguida da capacitação e treinamento dos colaboradores em boas práticas agropecuárias na produção de leite e uma fase de acompanhamento das medidas da CBT. Para análise estatística considerou-se a metodologia para modelos marginais baseada nas Equações de Estimações Generalizadas (EGGs). Os resultados mostraram que os procedimentos adequados no manejo da ordenha e na limpeza do tanque de resfriamento contribuíram para que uma parcela considerável das propriedades atingisse os limites da CBT estabelecidos pela IN 51.

 

 

 


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2313454 - ADRIANO HENRIQUE DO NASCIMENTO RANGEL
Externo ao Programa - 1731282 - CLAUDIA SOUZA MACEDO
Externo à Instituição - JEAN BERG ALVES DA SILVA - UFERSA
Externo ao Programa - 350691 - MARIA HELENA CONSTANTINO SPYRIDES
Notícia cadastrada em: 27/01/2012 09:02
SIGAA | Superintendência de Informática - | | Copyright © 2006-2021 - UFRN - sigaa27-producao.info.ufrn.br.sigaa27-producao